CidadesAcidente

Acidente deixa dois mortos no Comperj, em Itaboraí

3.666665
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Daniel Braga 20/12/2012

Caminhão munck esbarrou em viga ao passar sob ponte. Estrutura de concreto caiu sobre cabine do veículo e funcionários morreram na hora. Outro operário se feriu

Dois operários do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, morreram e outro ficou ferido, nesta quinta-feira, em um acidente com um caminhão do tipo munck, ocorrido dentro da área de obras do empreendimento. Em nota, a Petrobras - principal acionista do Comperj -, confirmou que, por volta das 15h, o veículo esbarrou em uma viga ao passar embaixo de uma ponte, derrubando parte da estrutura de concreto sob a cabine do transporte, onde estavam os funcionários.

De acordo com o comunicado da companhia, os dois trabalhadores eram da empresa MPE Montagem e Projetos Especiais S/A. Um terceiro ocupante da cabine do caminhão ficou preso entre escombros e ferragens, sendo resgatado e transportado de helicóptero para o Hospital das Clínicas de Niterói (HCN). 

“A Petrobras e a empresa contratada estão prestando todo auxílio necessário para as famílias e irão constituir uma comissão de investigação para apurar as causas do acidente”, enfatizou o informativo da empresa.

Procurado, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Mobiliário de São Gonçalo e Região (Sinticom) informou que ainda que mais detalhes sobre o caso da comissão interna de segurança dos operários do Comperj.

Antecedente - Em 2010, outro funcionário morreu nas obras do Complexo Petroquímico após um acidente com uma retroescavadeira, que o imprensou contra uma pilastra em construção. 

 


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 5 comentário(s)
  1. Leandro - 21/12/2012 - 08:33

    Terrível... as pessoas saem de casa para trabalhar e ganhar a vida honestamente e não voltam. Lamentável!

  2. Rafael - 21/12/2012 - 20:25

    Muitos dos acidentes são causados por falta de atenção do operador, que muitas das vezes não preenche um check list de forma correta, não dá valor a sua segurança,no momento do DDS está conversando ou ignorando o que a segurança e o encarregado está falando (tarefa/riscos do dia), entretanto, somente após da investigação do acidente poderemos apontar a origem da falha e consequentemente a causa do acidente. Mas vale ressaltar, segurança em primeiro lugar,isso o GG do IECOMPERJ preza muito!

  3. paulp - 22/12/2012 - 19:27

    vc e zb se sua gg do comperj fosse boa teria ajudado a criar leis mais rigidas e as normas de segurancas mas aplicadas

  4. Lucas Menezes - 25/12/2012 - 14:43

    Esse fato foi terrível! Trabalho dentro do COMPERJ e vi esse fato acontecer, vi a correria, vi os funcionários gritando no rádio pedindo ajuda. Já o fato do helicóptero é mentira. A ambulância demorou muuuito pra chegar no local, assim agravando a saúde do 3º funcionário que ficou gravemente ferido.

  5. Ana Cristina - 14/03/2013 - 12:50

    Rafael,mesmo não estando muito a par da situação...Concordo com vc! Na maioria das vezes é sim o operãrio que não gosta de usar os aparelhos de segurança!Só vão exigir depopis do acontecido!

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.


Publicidade:

Publicidade:



Redes Sociais






Fale com
a Redação

(21) 2125-3065