Cultura e LazerNovo

Novo veículo da Chevrolet é do tamanho da família

5
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Ricardo Rigel 04/07/2012

GM lança o novo carro da marca Chevrolet Spin 2013. Minivan entra no mercado para tomar o lugar de gigantes das quatro rodas como o Meriva e o Zafira

A GM lançou na semana passada, em São Paulo, o Chevrolet Spin, um multi-purpose-vehicle, ou MPV, feito para agradar a todos os tipos de clientes, com ou sem família. O novo veículo chega para ocupar o lugar do Meriva e do Zafira.

“Além de linhas imponentes e muito atraentes, o Spin impressiona pela versatilidade e pelo excelente espaço interno. Ele tem um interior que comporta cinco ou sete passageiros e oferece uma capacidade de porta-malas que pode chegar a até 1.668 litros. Certamente vai agradar os que têm família e aqueles que têm amigos e que gostam de aproveitar a vida”, afirma Grace Lieblein, presidente da General Motors do Brasil.

O Spin foi totalmente desenhado, desenvolvido e produzido no Brasil. Ele é fruto do trabalho do centro de desenvolvimento da GM do Brasil, localizado em São Caetano do Sul, São Paulo, um dos cinco centros de desenvolvimento que a empresa tem no mundo.

“Depois de lançarmos modelos de sucesso, como o Cobalt, Cruze, Cruze Sport6 e a picape S10, agora é a hora de nos voltarmos para um segmento que vem se tornando cada vez mais popular por aqui. Com um design diferenciado, muita versatilidade e uma excelente relação custo benefício, o Spin certamente será mais um case de sucesso da Chevrolet em 2012”, afirma Marcos Munhoz, vice-presidente da GM do Brasil.

O início das vendas está programado para o começo deste mês. No mercado brasileiro ele será vendido com o motor 1.8 Econo.Flex. A produção inicialmente será na fábrica de São Caetano do Sul, em São Paulo.

Do Brasil para o mundo – Com linhas musculosas, o Spin chega ao segmento com um visual imponente. É um modelo familiar com ares aventureiros, ideal para quem quer viajar, passear com a família ou simplesmente fazer uso cotidiano do veículo. Na dianteira, o Spin ostenta a tradicional grade bipartida da Chevrolet em conjunto com os faróis de linhas modernas e afiladas e de refletores aparentes, que reforçam uma personalidade e um visual únicos.

A lateral é bem marcada pelas linhas vistosas sobre os para-lamas, assim como o Cobalt. O visual mais robusto também é delineado pela linha de cintura mais alta. Já a traseira tem detalhes que mostram todo o refinamento do projeto e da construção do Spin. As lanternas têm superfícies especialmente desenhadas para trabalhar o fluxo de ar. Uma saliência faz com que a turbulência do ar passe longe das lanternas, evitando que as mesmas fiquem sujas e menos eficientes no caso de chuva. O aerofólio embutido na tampa traseira também foi desenhado para melhorar a penetração aerodinâmica do MPV.

“Temos a certeza que o design do Spin vai agradar a todos, onde quer que ele seja comercializado. No início do projeto, fizemos duas diferentes propostas de conceito que foram avaliadas isoladamente em cada um dos mercados em que o carro vai ser vendido. Depois disso, trabalhamos em cima do conceito vencedor, criando ainda cinco diferentes variações. Foi um trabalho exaustivo do time do design. Mas certamente premiado pelo resultado final do projeto”, afirma Carlos Barba, diretor executivo do departamento de Design da GM do Brasil.

Pontos altos – O interior do Spin foi construído sobre um entre-eixos de 2.620 metros, oferecendo espaço para até sete ocupantes na versão LTZ e para cinco na versão LT.

No Spin LTZ, as três fileiras de banco estão dispostas em formato de teatro. Ou seja, a terceira fileira de bancos é mais alta que a central que, por sua vez é ligeiramente mais alta que a primeira, privilegiando o espaço e a visibilidade para qualquer um dos ocupantes.

O porta-malas tem grande capacidade de carga. O MPV pode levar, por exemplo, uma bicicleta sem que ela seja desmontada no seu interior. Com sete ocupantes, sua capacidade de carga é de 162 litros. Com cinco, ela salta para 710 litros, podendo chegar até 1.668 litros, com os bancos da fileira central rebatidos.

No total, o Spin LTZ tem 23 diferentes combinações de posições de bancos. Chama a atenção o porta-luvas na parte superior do painel e também o espaço nas portas dos ocupantes que andam na frente, que comportam até uma garrafa de dois litros de água.

Para completar, o interior oferece tecnologia e modernidade. Ele tem, por exemplo, entrada USB para o rádio, computador de bordo e o painel combinando – como ocorre no Cobalt – itens analógicos (conta-giros) e digitais (velocímetro).

Duas opções de transmissão – O veículo vem equipado com um item inédito no segmento. Além da transmissão manual de cinco velocidades (F17 Geração 1.5) o MPV utilizará a caixa GF6, de seis marchas, já conhecida por equipar o Cruze e o Sonic.

A transmissão manual recebeu importantes melhorias para equipar o Spin. A primeira delas são os novos seletores de engate, que conferem menor esforço e maior precisão nas trocas de marcha. Ela conta também com sincronizadores triplos que permitem trocas mais esportivas e sem “arranhar” as marchas.

Já a transmissão GF6 - automática de seis marchas e que oferece trocas no modo sequencial - conta com o sistema adaptativo de trocas de marcha, módulo de controle integrado, que elimina cabos entre o módulo e a transmissão e também o freio motor, que mesmo quando o motorista alivia o pé do acelerador, mantém a marcha, dando a sensação de maior controle do veículo.

Confira a tabela de preços:

Spin LT: R$ 44.590
Spin LT + Rodas de liga leve: R$ 45.990
Spin LT Automático: R$ 49.690
Spin LTZ + Faróis de milha, Rack de teto, Retrovisores elétricos, Sensor de estacionamento, Comandos no Volante e Acabamento diferenciado: R$ 50.990
Spin LTZ Automático: R$ 54.690


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 1 comentário(s)
  1. Prata Junior - 15/07/2012 - 13:06

    Olha acabei de comprar a minha Spin. Para os amantes das minivans, o carro irá agradar bastante. Os detalhes internos são maravilhosos, optei por colocar os bancos em couro, por ser mais higiênico, ficaram lindos. O único defeito até agora é que os bancos dos passageiros no quesito espaço é de se lamentar! A de sete lugares nem se fala, a ultima fileira de bancos é lamentável, fica bom para uma pessoa de um metro e meio sentar, mais de resto atendeu minhas expectativas.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.