EconomiaGoverno

Governo do estado paga metade décimo terceiro salário aos servidores

0
Tamanho da fonte: A- A+ 30/07/2012

Valor total a ser depositado nas contas de funcionários ativos e inativos será de R$ 674 milhões. Quem ganha até R$ 950 receberá o valor integral, como ocorre desde 2007

 

 

O governo do estado começa a depositar a primeira parcela do décimo terceiro salário dos servidores hoje. De acordo com a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado do Rio de Janeiro (Seplag) os servidores que ganham acima de R$ 950 mensais vão receber metade do benefício. Já os que ganham até R$ 950 receberão o valor integral também hoje, como acontece desde 2007. A medida vai beneficiar 477.828 servidores, sendo 337.507 da administração direta, 43.720 da administração indireta, entre ativos e inativos, e 96.601 pensionistas. O valor total a ser depositado nas contas dos servidores, segundo a Seplag, será de R$ 674 milhões.

Os empregados das empresas públicas e companhias continuarão recebendo de acordo com as regras da CLT, que já admite a antecipação de metade do décimo terceiro salário quando o funcionário entra de férias.

De acordo com o governo do estado, dos servidores da administração direta, 301.665 ganham mais de R$ 950 por mês. Desses, 186.914 são ativos, 110.473 são inativos e 4.278 são pensionistas especiais pagos pelo Tesouro Estadual. Os que receberão o décimo terceiro integralmente porque têm remuneração mensal abaixo de R$ 950 são 35.842, sendo 17.921 ativos, 17.280 inativos e 641 pensionistas especiais.

Quanto aos 96.601 pensionistas pagos pelo Rioprevidência, 64.175 ganham mais de R$ 950 e receberão metade do décimo terceiro. Os 32.426 restantes receberão o benefício integralmente. Já administração indireta, informou a Seplag, conta com 51 órgãos e as folhas são feitas separadamente. O sistema não discrima quem vai receber 50% e quem vai receber o valor integral. 

 

 

 



Clique para ver maior


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

dec-ter.jpg / 28.25 KB Faça o download
Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 1 comentário(s)
  1. Elzbieta - 17/08/2012 - 13:12

    Nf3s Policiais Militares do estado de Se3o Paulo da ativa ou da reersva em todas as e9pocas de aumento salarial, ficamos aguardando os professores sairem e0 luta, torcendo para que a Poledcia Militar da Paraedba, parasse assim como a de Minas Gerais, de que adianta, a PM paulista com quase cem mil homens e ser o terceiro maior exe9rcito da Ame9rica latina, e ne3o ter a coragem de cinco mil paraibanos? Somos um grande exe9rcito mas ne3o temos um general, ou seja, ne3o tem comando que lute por nf3s. De que adianta Se3o Paulo ser o estado mais rico do Brasil e pagar uns dos piores sale1rios do paeds aos seus servidores de segurane7a pfablica? Minas, tem espedrito guerreiro basta vermos a sua histf3ria, Se3o Paulo infelizmente na revolue7e3o de 1932 o primeiro a se render foi sua fore7a pfablica (hoje, Poledcia Militar).

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.