PolíciaBoato

Boato de ‘arrastão’ apavora motoristas na Estrada Fróes

3.666665
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Cláudio Emanuel 09/01/2013

Condutores foram obrigados a retornar de marcha à ré pela via que liga Icaraí a São Francisco por causa da suspeita de roubo. Veículos ficaram sem ter para onde ir

Uma denúncia sobre um suposto ‘arrastão’ no final da tarde de quarta-feira na Estrada Leopoldo Fróes, principal via de ligação entre os bairros de Icaraí e São Francisco, Zona Sul de Niterói, causou pânico e muito medo em dezenas de motoristas que foram obrigados a retornar de marcha à ré com seus veículos. 

Em consequência da suspeita de roubo, o trânsito ficou totalmente congestionado com os condutores que tentavam fugir do tumulto por causa do suposto ‘arrastão’. Ônibus e carros de passeios ficaram imprensados no início da Estrada Fróes e Joaquim Távora.

Apenas um agente de trânsito percorria de motocicleta toda extensão da Estrada  Fróes e no final da ronda o guarda desmentiu que algo de grave tivesse acontecido na via.

Um outro agente de trânsito da Nitrans foi deslocado pelo órgão para controlar o tráfego de veículos no final do calçadão da Praia de Icaraí. Motoristas que retornaram de marcha à ré pela Estrada Leopoldo Fróes até o calçadão e muitos deles na verdade nem sabiam o que de real havia acontecido.

As mulheres eram as mais assustadas com a situação e tumulto no trânsito em Icaraí. A maioria dos motoristas evitou falar sobre o assunto.

Para morador, confusão seria mudança no trânsito- O suposto arrastão não chamou a atenção dos praticantes de caminhadas e ginásticas. Um deles, desavisado, quando indagado sobre o tumulto no trânsito no fim do calçadão da Praia de Icaraí, disse que era nova mudança no trânsito que seria imposta pela Prefeitura o motivo da confusão.

Policiais do 12º BPM (Niterói) negaram ter recebido qualquer pedido de socorro de moradores ou motoristas vítimas de suposto violência na Fróes.  Policiais do plantão da Delegacia de Central de Flagrantes da 77ª DP (Icaraí) informaram que também não foram procurados por possíveis vítimas de roubo de carro na região.

 


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 7 comentário(s)
  1. Thiago - 09/01/2013 - 20:00

    Parei de LEr quando vi "agente da Nittrans"..essa corja nao existe! quando "aparecem" esses nao sabem nem o q fazer..

  2. Priscilla - 09/01/2013 - 21:11

    Bom quem escreveu a materia se equivocou.Poderia ter entrevistado alguem no.momento do.ocorrido.Eu e minha familia estavamos la e passamos.foi um grande susto.O transito parou e logo em.seguida deram um tiro e tivemos q deixar. O nosso arro e correr ate a praia de Icarai

  3. christiani brum - 10/01/2013 - 14:21

    Muito esquisito! Eu tb estava lá, foi um pânico total, tb larguei meu carro....muita gente correu apavorada.... boato??? Não somos idiotas.... estão querendo esconder alguma coisa!

  4. Glub - 10/01/2013 - 21:39

    Na Froes, volta e meia tem arrastão logo depois da "curva da morte". Os caras rapidamente sobem o morro na estradinha próxima ao grande prédio. Agora, tem gente que se apavora sem motivo porque há moradores da Froes que para entrar de ré na garagem do lado do mar (nrs. pares), atravessam a rua com o carro, dando a impressão que vão retornar na contramão. Isso deve assustar alguns.

  5. Roberto Lacana - 10/01/2013 - 08:07

    As pessoas q espalham esses boatos esta querendo se aproveitar da situação pra roubar.

  6. teresa - 10/01/2013 - 12:19

    eu estavs lá e tive que abandonar o meu carro e correr até a praia,houve tiros e uma viatura do 12 subiu a froes e outra viatura prendeu um meliante bem na minha frente, como não aconteceu nada......

  7. sergio aureliano - 11/01/2013 - 17:29

    Houve sim um roubo de minha motocicleta na estrada froes na quarta feira por volta das 18 horas registrado na 79 DP, inclusive logo após o ocorrido chegou um policial civil e um policial militar que comunicaram a mare zero sobre as características da moto
    Os ocupantes dos veículos quando perceberam o assalto soltaram dos carros e correram provocando um grande engarrafamento
    Os dois bandidos portavam pistolas sendo que uma delas tinha um prolongador no carregados de munição para caber mais balas
    Eles apontaram para mim e levaram a moto, que foi recuperado pela 77 DP no outro dia quando os bandidos foram atropelados por um ônibus na Ari Parreira caindo da moto e atiraram contra o ônibus e fugiram segundo relato do inspetor da 77DP
    Por favor comuniquem ao comandante do 12 BPM pois o mesmo esta mal informado
    Tenho tudo registrado na 79 DP

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.