PolíciaBala

Bala perdida fere criança de 5 anos no Mutondo, em São Gonçalo

3
Tamanho da fonte: A- A+ 05/06/2013

Família voltava de carro de uma pizzaria quando bandidos que tentavam promover um 'arrastão' no bairro fizeram vários disparos. Projétil atingiu o menino em uma das pernas

Uma criança de cinco anos foi atingida na madrugada da última quarta-feira por uma bala perdida no Mutondo, em São Gonçalo, por homens que tentavam fazer um arrastão. O menino e os pais voltavam de uma pizzaria e passavam de carro pela Avenida José Mendonça de Campos, próximo a um dos acessos da comunidade da Chumbada, quando se depararam com um homem armado, vestindo calça jeans, casaco preto, de touca e aparentando ter cerca de 30 anos, que tentava parar os carros para roubar.

“Ele tentou abordar o motorista que estava no carro da frente, mas ele conseguiu arrancar com o veículo, fugindo em disparada. Acredito que o bandido tenha ficado com a raiva por não conseguir assaltá-lo e fez vários disparos na direção dele, mas um dos tiros acabou pegando no nosso carro e atingindo meu filho”, contou a mãe do menino, de 35 anos.

Ao perceberem que a criança havia sido atingida em uma das pernas, os pais seguiram para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, também em São Gonçalo.

Atingido de raspão, o menino foi medicado na unidade e liberado ainda na madrugada de quarta-feira

Com perfuração a bala, o carro da família, um Escort ano 1995, foi levado para o Posto Regional de Polícia Técnica (PRPT) de São Gonçalo, em Tribobó, onde foi periciado. Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) também foram ao local do crime para tentar encontrar cápsulas que pudessem indicar as armas utilizadas pelos criminosos durante o ataque aos motoristas.

Denúncia não leva aos criminosos- Chamados para checar uma informação de que homens armados faziam um arrastão por ruas do bairro, policiais do 7º BPM (São Gonçalo) chegaram ao local do crime poucos minutos depois, mas os bandidos já tinham fugido. Os PMs chegaram a fazer buscas pelo bairro mas nenhum suspeito foi encontrado. O caso está sendo investigado por agentes da 72ª DP (São Gonçalo). Os agentes informaram que vão esperar a conclusão dos laudos da perícia para chamar novamente os pais da criança para depor e tentar fazer o reconhecimento de algum suspeito através de fotografias.


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 3 comentário(s)
  1. Leitor - 05/06/2013 - 20:21

    Isso sem contar os assaltos que são constantes no bairro. Cadê a polícia?

  2. Nelson - 05/06/2013 - 13:10

    A PM precisa passar mais vezes pelas ruas do Mutondo, todo final de semana tem som muito ALTO, dos carros, na madrugada, a padaria da rua principal tem vendas de drogas, moto-taxi e tambem som alto dos carros "estacionados" na esquina da rua.

  3. Mephisto - 07/06/2013 - 19:17

    O orçamento da Secretaria de Segurança Pública / RJ merece um reforço da verba para a aquisição SUPLEMENTAR de balas, muitas balas mais, para pôr fim definitivo (com redundância, mesmo) a toda essa bandidagem reinante. Dá a nítida impressão que os criminosos possuem mais munição do que o aparato oficial, e isso não é bom.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.