PolíciaForagido

Foragido da Justiça cai na 'malha fina' da Lei Seca em São Gonçalo

5
Tamanho da fonte: A- A+ 09/03/2013

Blitz montada em uma nas principais vias da cidade aborda motociclista, que tenta escapar, mas é capturado. Homem suspeito responde porte ilegal de arma e receptação

Agentes da Operação Lei Seca, da Secretaria de Estado de Governo do Rio de Janeiro, prenderam, na madrugada deste sábado , um homem foragido da Justiça, durante blitz na Avenida Feliciano Sodré, em São Gonçalo.

O suspeito estava numa moto e, ao avistar a blitz da OLS, tentou fugir, entrando numa rua sem saída. Os agentes conseguiram abordá-lo e, após consulta no banco de dados, constataram que havia um mandado de prisão contra ele por porte ilegal de arma e receptação.

Além disso, o suspeito se recusou a fazer o teste do etilômetro e sofreu as seguintes sanções administrativas: apreensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), multa de R$ 1.915,30 e perda de 7 pontos na carteira.

Lei Seca já prendeu 60 no Rio- Ele foi preso e encaminhado a 73ª DP (Neves). A moto, que estava com o licenciamento vencido desde 2011, foi removida para depósito público. Este é o 60° foragido da Justiça que é preso por agentes da Operação Lei Seca. (Com informações da Assessoria de Imprensa do Governo do Estado)


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 5 comentário(s)
  1. Kenny - 09/03/2013 - 16:26

    Parabéns para todos os agentes da Lei Seca em todo o páis. O trabalho de vocês é genial e limpo. Desde o seu começo, nunca foi divulgado um só caso de corrupção. Pelo contrário, vocês puniram autoridades e pessoas famosas. É disso que precisamos, de agentes que façam cumprir as leis. Deixo aqui um parabéns especial para os agentes da operação mostrada nesta matéria. Saúde e sucesso para todos!

  2. MICHAEL GOMES - 10/03/2013 - 12:06

    Parabéns aos servidores e peço muita atenção nas abordagens pois além do objetivo principal da Lei Seca estas ocorrências e apreensões em Niterói e SG aumentarão com as UPPs no RJ

  3. Mzrcos - 10/03/2013 - 06:49

    Muito bom. Atirou no que viu e acertou no que nao viu. Parabens.

  4. Federal - 10/03/2013 - 09:13

    De acordo com os dados do instituto, o Estado do Rio registrou, em janeiro, o maior aumento mensal do número de homicídios dolosos desde maio de 2009, quando, num movimento atípico, houve um crescimento de mais de 20%. O aumento verificado agora deveu-se a um acentuado acréscimo na quantidade de assassinatos na Baixada Fluminense, em Niterói e no interior.

  5. reclamão - 12/03/2013 - 22:08

    Por favor repórter coloque pelo menos as iniciais pra gente identificar, podemos ter sido vítima...

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.