PolíciaPolícia

Polícia Militar combate o tráfico de drogas na Zona Norte de Niterói

4
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Marcelo Almeida 29/08/2013

Policiais seguem “sufocando” a venda de entorpecentes nas comunidades da cidade. Foram apreendidas drogas e armas na Vila Ipiranga e Morro do Eucalípto, no Fonseca

A Polícia Militar deflagrou nesta quinta-feira, ações simultâneas de combate ao tráfico de drogas nas comunidades da Vila Ipiranga e Eucalípto, no Fonseca. Três pessoas foram presas na operação em que foram apreendidos 19 comprimidos de êxtase, 2293 trouxinhas de maconha, 88 cápsulas de cocaína, uma pistola 9 milímetros e um rádio transmissor. 

A primeira ação aconteceu na Vila Ipiranga ainda de madrugada, quando duas equipes do Grupamento de Ações Táticas (GAT) entraram na favela e começaram a vasculhar as vielas a procura de criminosos.

Dois suspeitos de tráfico de drogas foram presos ambos de 18 anos. Com eles a polícia encontrou 2100 trouxinhas de maconha que foram apreendidas.

A prisão aconteceu depois que os policiais seguiram para verificar uma denúncia de que os dois suspeitos estariam escondidos na Travessa José Sergipano. Lá a dupla recebeu voz de prisão e apontou onde estava escondido o entorpecente.

O caso foi registrado na 78ª DP (Fonseca), onde os dois foram autuados pelo crime de tráfico de drogas. 

Em outra ação, também de policiais do Grupamento de Ações Táticas (GAT), um homem foi preso acusado de tráfico de drogas na Comunidade do Eucalipto, no Fonseca, Zona Norte de Niterói.

A ação aconteceu no fim da madrugada desta quinta-feira. O homem identificado pelos policiais como Júlio César de Araújo, de 20 anos, foi surpreendido com uma pistola calibre nove milímetros, 193 trouxinhas de maconha, 88 cápsulas de cocaína e 19 comprimidos de êxtase, além de um radinho transmissor.

De acordo com os PMs, durante o patrulhamento realizado no interior da comunidade, o suspeito  foi visto parado demonstrando atitude suspeita. Os policiais desconfiaram de que o local fosse uma boca de fumo e resolveram abordá-lo. Ao ser revistado ele não ofereceu resistência e se entregou, contando que estava armado e em poder de drogas. O material apreendido estava escondido dentro de uma mochila.

Ainda conforme relatos dos policiais, o homem preso é acusado de integrar o tráfico de drogas e comandar a boca de fumo do Morro do Eucalípto.

Ele foi levado para a delegacia, 77ª DP (Icaraí), onde foi autuado pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Ainda na tarde desta quinta-feira ele foi transferido para a penitenciária.

 

São Gonçalo - Ações também aconteceram em São Gonçalo. Lá os policiais do 7º BPM (São Gonçalo) durante uma operação na madrugada desta quinta-feira, na Comunidade do Feijão, em São Gonçalo, apreenderam um adolescente de 14 anos com 74 sacolés de maconha, oito cápsulas de cocaína, dois rádios transmissores, dois celulares e R$ 17 em dinheiro. 

A ação só foi possível porque moradores da região passaram informação sobre a ação de criminosos na região.

O caso foi registrado na 73ª DP (Neves).


O Fluminense


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 9 comentário(s)
  1. Juarez Goncalvez - 30/08/2013 - 17:36

    Cabo Júlio, já falei pra você antes por esse mesmo canal sobre traficante na porta da escola. Sabe o que mudou? O dia, porque ele está lá, faça chuva, faça sol, aliciando menores para "trabalhar" com eles e/ou usar seus produtos.

    E o 12º tá onde?

  2. Clara - 30/08/2013 - 18:24

    Parabénssssss aos envolvidos na operação,vagabundo vira mocinha rapidinho.kkkkkkk

  3. COCADA QUEREMOS PAZ - 30/08/2013 - 18:41

    cocada pede socorroooo,baile rola toda sexta e sabado,ja não aguentamos mais ouvir a noite toda musica altas fazendo apologia au crime ,pedofilia ameça de matar puliçia e fora a farra da drogas,vagabundos andando armados,oque me deixa puto e ver poliçias vim com carro ofiçial da pm ,que nos cidadãos de bem pagamos ,pegar arrego.homens que mois pagamos pra nos defender.se deixar se corropidos por bandidos,ate filmagens ja fiz deles pegando arrego.so não divulgo ,pois

  4. COCADA QUEREMOS PAZ - 30/08/2013 - 18:43

    pois tenho que pençar na minha familia que mora aqui.cabo julio nois socorre aqui na cocada ,não deixa essa praga desse baile rola.cocada pede socorro.

  5. xxx - 30/08/2013 - 19:36

    na vila ypiranga ta cheio deles ,na noite e madrugada fica cheio de menores o trafico usa meninos e até meninas para traficar drogas.

  6. CABO JULIO 12º BPM ou JULINHO DO LARGO DO MARRÃO - 30/08/2013 - 10:54

    Eu já falei várias vezes, é melhor essa vaga*****gem migrarem para outro municipio longe de Niterói e Maricá, a piliçada do 12º BPM estão motivados a prender todo e qualquer margiranhara que tentar permanecer na area. Vejam só, menos dois tralhhas no convivo da sociedade Niterpiense, quanta droga hein. Parabens aos colegas PPMM do GAT do 12º BPM que participaram dessa operação. Atenção moradores de bem, ajudem a PM a prender esses bandidos, liguem para DD 22531177 ou P2 do 12º BPM 27176865.

  7. Almeida - 30/08/2013 - 11:42

    Quero saber quando eles vão começar a sufocar a bandidagem que fica passeando de arma na mão, no morro seco e na palmeira, obrigando morador a entrar de carro durante o dia e a noite piscando farol. Você chegar em casa cansado de um dia de trabalho e pedir da licença para a entrar no seu próprio portão. Quero saber quando isto vai acabar.

  8. Luiz - 30/08/2013 - 11:57

    Esses vagabundos colocam um garoto de 14 anos (inexperiente),como bucha na frente de batalha e se escondem,é sempre assim.

  9. Jaqueline - 30/08/2013 - 13:01

    Parabéns mais uma vez à atuação da polícia Militar em Niterói, principalmente no bairro do Fonseca. Vasculhem mais e encontrarão muita coisa e muitas pessoas mais que só trazem violência para nosso bairro e cidade. Não esqueçam de fiscalizar mais a comunidade do Bernardino, a coisa lá está está escancarada, só não vê quem não quer, falando em especial de um bar que fica na subida da escadaria, olho vivo neste local, a coisa feia rola solta por lá.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.