Assine o fluminense

Irmã Dulce será declarada santa



Dulce já tinha sido declarada beata pelo papa Bento 16 em 2011

Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, Irmã Dulce, será declarada santa. Nesta terça, o site oficial de notícias do Vaticano confirmou o reconhecimento oficial da Igreja Católica de um segundo milagre intercedido pela baiana, que morreu em 1992  aos 77 anos. Irmã Dulce já tinha sido declarada beata pelo papa Bento 16 em 2011, após a Igreja reconhecer um milagre que teria sido intermediado por ela em Sergipe. No anúncio a Santa Sé afirma que Dulce é “recordada por sua obras de caridade e de assistência aos pobres e necessitados” e conhecida como “o anjo bom da Bahia”. 

Para ser canonizado, um beato ou beata teriam de ter reconhecido um segundo milagre pelo Vaticano. O milagre reconhecido ontem, segundo a Arquidiocese de Salvador, seria o de uma pessoa que recuperou a visão. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comments

Veja também

Scroll To Top