Assine o fluminense

Região dos Lagos se recupera das chuvas



Municípios realizam ações e estradas ainda estão interditadas

A Defesa Civil de São Pedro da Aldeia trabalhou 42 horas ininterruptas para atender as ocorrências registradas

Foto: Divulgação / Jefferson Viana

A chuva forte que atingiu o do Rio de Janeiro também provocou estragos nas cidades da Região dos Lagos no último final de semana. Arraial do Cabo, Cabo Frio e São Pedro da Aldeia ainda realizam ações para tentar resolver as consequências do mau tempo.

Arraial do Cabo saiu da situação de calamidade e está em situação de emergência. O acesso pela RJ-140 foi liberado em meia pista no início da manhã desta segunda (20). A Prefeitura aguarda o laudo oficial do DER-RJ para normalizar o tráfego de veículos no local.

A cidade  foi a mais atingida pela chuva forte. O município decretou estado de calamidade pública na sexta (17).  Aulas em escolas foram suspensas. Foram registrados oito deslizamentos; uma rua e três casas foram interditadas. Não houve feridos.

Em Cabo Frio, com a trégua dada pela chuva, a força-tarefa montada pela Prefeitura intensificou as atividades nesta segunda-feira (20). Há alagamentos nas ruas Anequim, das Dunas e São Lucas, no Peró.
A água invadiu as casas e está sendo estudada uma forma de retirá-la com bomba de sucção. Ao todo, a Defesa Civil recebeu 70 acionamentos desde o fim de semana.
As equipes da Companhia de Serviços (Comsercaf) retomaram os trabalhos desde às 5h desta segunda (20) e estão espalhadas pelo primeiro e segundo distritos. O foco principal do trabalho é o recolhimento do lixo domiciliar e a desobstrução dos bueiros bocas de lobo, para facilitar o escoamento da água da chuva que ainda está acumulada.

Cabo Frio teve 28 ocorrências, principalmente alagamentos. A Secretaria de Assistência Social está fazendo um levantamento das necessidades para iniciar uma campanha de arrecadação. A Secretaria está acompanhando as famílias e  fazendo um levantamento das necessidades.

De acordo com a Guarda Municipal, não há vias interditadas desde a manhã desta segunda (20).

A Defesa Civil de São Pedro da Aldeia trabalhou 42 horas ininterruptas para atender as ocorrências registradas no município durante as fortes chuvas que atingiram toda a Região dos Lagos nos últimos dias. Até o início da noite de domingo (19), foram registradas 72 ocorrências, 17 residências interditadas, 35 pessoas desalojadas, 04 pontos de deslizamento, 04 desabamentos e nenhuma vítima.
Nesta segunda-feira (20), a Defesa Civil trabalho na elaboração de um relatório das ruas e bairros mais atingidos pelas chuvas para encaminhar às Secretarias Municipais, visando a execução de obras de manutenção e recuperação.

Os profissionais da Divisão aldeense, com o apoio do Portal da Defesa Civil, também estão preenchendo o Formulário de Informações do Desastre (FIDE) para buscar recursos a nível estadual e federal para obras de recuperação.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comments

Veja também

Scroll To Top