Assine o fluminense

Abastecimento é destaque em Niterói

Cidade encontra-se na 12ª posição nacional apresentando 100% do abastecimento de água tratada

A cidade de Niterói é a única representante do Estado do Rio no ranking dos 20 melhores municípios do país no quesito água tratada. Segundo levantamento do Instituto Trata Brasil, com base no ano de 2014, Niterói encontra-se na 12ª posição nacional apresentando 100% do abastecimento de água tratada. No quesito tratamento de esgoto o município aparece na 9º colocação e está entre as 10 cidades que tratam mais de 80% do seu esgoto. Os dados foram compilados do “Ranking do Saneamento das 100 Maiores cidades”.

Para avaliar o panorama de investimentos no setor de saneamento básico no país, o estudo analisou indicadores como: atendimento de água urbana, índice de investimentos, margem de arrecadação e o nível de eficiência do sistema de distribuição. No quesito tratamento de esgoto, Niterói está entre as 10 melhores cidades que tratam mais de 80% de seu esgoto. O município aparece na nona colocação, com 94,92% do volume de esgoto tratado e no estado do Rio, perde apenas para Petrópolis que está em 4º lugar no quesito apresentando 98,44% do seu esgoto tratado.

O indicador de distribuição de água potável também mostra que a cidade obteve 19,04% de perda financeira com a água e 22,06% foi perdido na distribuição do volume produzido. O quantitativo coloca a cidade na sexta posição entre os municípios que menos perderam no sistema de abastecimento, tendo em vista que a perda média entre 100 cidades do ranking foi de 38,34%. De acordo com o estudo, as 20 melhores cidades investiram juntas, em 2014, o valor de R$ 827 milhões e arrecadaram R$ 3,8 bilhões com serviços de saneamento. 

São Gonçalo – Entre as seis cidades que investiram menos de 1% em novas ligações de água tratada, São Gonçalo encontra-se na 4ª posição, atrás dos municípios de Ananindeua (Pará), Belém (Pará) e Paulista (Pernambuco), respectivamente. No quesito novas ligações de esgoto sobre ligações faltantes,a região está entre as seis cidades que não obtiveram nenhuma melhora em número de ligações. São Gonçalo aparece na 5º colocação, à frente apenas da cidade de São Luís, no Maranhão, que está em 6ª lugar.

Brasil – Um dado complementar do estudo da Comissão Econômica para a América Latina (Cepal) revelou que o Brasil está na 11ª posição no ranking dos países que investem no serviço de coleta de esgotos. O levantamento mostra que metade dos brasileiros não tem acesso a rede de esgoto, o que significa que apenas 49,8% da população conta com coleta regular. Nas três primeiras posições estão a Venezuela, com 94,1% da população com coleta de esgoto, seguido do Chile, com 93,6%, e em terceira colocação o México, apresentando 88,4%. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comments

Scroll To Top