Assine o fluminense

MEC libera R$ 2 milhões para a UFF

Ao todo, o Ministério da Educação repassou R$ 190 milhões para diversas instituições

O valor será destinado para a manutenção, custeio e pagamento de assistência estuadantil, entre outros serviços

André Redlich / Arquivo

O Ministério da Educação (MEC) liberou R$ 21,73 milhões às instituições federais de ensino do Estado do Rio de Janeiro. O valor será destinado para manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil, entre outros serviços. A Universidade Federal Fluminense (UFF) recebeu R$ 2.058.720.

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) recebeu R$ 11.140.993, a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), R$ 1.346.019; a Unirio, R$ 270.416, o Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), R$ 1.270.017; o Instituto Federal Fluminense (IFF), R$ 1.649.991; o Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet), R$ 801.353; o Colégio Pedro II, R$ 1.472.590; o Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), R$ 909.072; e o Instituto Benjamin Constant (IBC), R$ 810.343. 

Ao todo, o MEC repassou R$ 190,54 milhões para todas as instituições de ensino do País. A maior parte dos valores, R$ 128,77 milhões, será destinada às universidades federais, incluindo repasses para hospitais universitários. Já a rede federal de educação profissional, científica e tecnológica receberá R$ 59,34 milhões. O restante, R$ 2,43 milhões, será repassado ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), ao Instituto Benjamin Constant (IBC) e à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj).

Ao longo do ano, o MEC liberou R$ 5,91 bilhões para as instituições federais vinculadas à pasta, contendo o pagamento de despesas das universidades e institutos federais, do Ines, do IBC e da Fundaj. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comments

Veja também

Scroll To Top