Assine o fluminense

Eduff está sob nova direção

Com objetivo de ampliar a distribuição da editora, Renato Franco está de olho no mercado digital

Cheio de propostas inovadoras, o recém-nomeado diretor da Eduff quer trabalhar em conjunto com um conselho consultivo em sua gestão

Foto: Divulgação

O professor Renato Franco, do programa de Pós-Graduação em História da UFF (PPGH), é o novo diretor da Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff). Ciente dos desafios que se apresentam não apenas para a Eduff, mas para as editoras universitárias brasileiras em geral, Franco afirma o compromisso com uma produção editorial de qualidade e com a divulgação da produção científica docente e discente da universidade. Franco é mestre em História pela UFF e doutor em História Social pela Universidade de São Paulo. Além da docência, ele acumula experiência também na área de editoração. Na Editora FGV, participou da elaboração de livros didáticos e foi coordenador da Coleção FGV de Bolso. Foi também vice-editor da revista Tempo, uma publicação do Departamento de História da UFF. 

Quais os desafios de estar na direção da Eduff hoje?
O primeiro grande desafio é o de fazer chegar a produção da Eduff aos diferentes espaços do país. E para isso é necessário desenvolver uma política mais assertiva de distribuição das obras publicadas até o momento. O segundo desafio é o de constituir um catálogo a partir de novas publicações e de novos pesquisadores, que represente as diferentes áreas do conhecimento que constituem a universidade. E um terceiro desafio é o de trazer, para o público brasileiro, obras publicadas por diferentes comunidades científicas do mundo. 

O que você pretende trazer de novo para editora?
O importante é organizar um sistema mais consistente de distribuição, de divulgação, e também constituir o conselho consultivo para que consigamos estabelecer políticas de médio prazo, de modo a definirmos, por exemplo, quais serão as prioridades, as áreas que precisamos contemplar e que ainda não estão em nosso catálogo, além de uma política mais incisiva de traduções. É preciso consolidar o e-commerce para facilitar a distribuição da nossa produção. Naturalmente, esse é um processo que depende de muitas variáveis, mas a ideia é criar estruturas para que a Eduff esteja entre as melhores editoras universitárias do Brasil. 

 

Foto: Divulgação

O exorcista na Casa do Sol – Record Com apenas vinte e poucos anos, iniciante no mundo das letras, o jovem Yuri Vieira teve uma experiência transformadora: contratado como secretário informal da escritora Hilda Hilst, morou por dois anos com ela na famosa Casa do Sol, como era conhecida a residência da autora. O que viveu por lá está registrado em “O exorcista na Casa do Sol”, que chega às livrarias este mês.

 

Foto: Divulgação

Glück – Best Seller Um livro que fala sobre a experiência de um ano sabático, que pode parecer distante da realidade da maioria das pessoas, mas que vai muito além de um período off. Os criadores do projeto Glück, Karin Hueck e Fred di Giacomo, compartilham histórias de pessoas comuns, dicas e descobertas de várias áreas sobre como se levar uma vida feliz. Filósofo Leonardo Boff e Monja Cohen estão entre os entrevistados.

 

Foto: Divulgação

O novo poder – Intrínseca Por que certas iniciativas ganham proporções tão grandes enquanto outras não dão em nada? Os autores discutem alguns dos maiores casos de sucesso de nosso tempo — como Facebook e Uber, as vitórias inesperadas de Obama e Trump — e revelam o que de fato está por trás de todos eles: a ascensão do novo poder, que não é mais protegido e inalcançável como o antigo. 

 

Foto: Divulgação

A beleza do cotidiano

Com texto leve e ricamente ilustrado por fotos de diferentes famílias, “A essência da família” (Editora Photos) mostra o quão valiosas são algumas situações bem corriqueiras. 
Um dos pioneiros da fotografia documental no Brasil, o fotógrafo Renato dPaula lança seu primeiro livro,  que ensina algumas técnicas para pais e profissionais de fotografia interessados em conhecer esse estilo.

É a partir de cada fotografia que dPaula explica como deve ser o olhar de quem fotografa, como fazer uma boa composição, como encontrar a melhor luz ­– porque algumas fotos surgem no meio da madrugada, com pouca iluminação – e como transformar o ordinário em extraordinário. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comments

Veja também

Scroll To Top