Assine o fluminense

O rock ainda está bem vivo

Acontece nesta sexta-feira, às 21h30, no Espaço Convés, a primeira edição da ‘Rockteria’, que celebra o movimento grunge

A banda Hent fará tributo ao Nirvana

Foto: Divulgação

O rock não morreu. Pelo menos não ainda. E é com o objetivo de provar que ele está vivo na cidade de Niterói que a produtora cultural Laís Vieira está organizando a primeira edição da festa “Rockteria”, que acontecerá sexta-feira (9), no Espaço Convés, a partir das 21h30. O subgênero escolhido para encabeçar o evento foi o grunge, que será resgatado por dois tributos a clássicos do movimento: a banda Hent, que abrirá a festa apresentando um tributo ao Nirvana, seguida da banda Purano, que apresentará um tributo ao Pearl Jam. 

A ideia do evento não surgiu de um simples interesse mercadológico. Laís começou a pensar o “Rockteria” em um momento de declínio do rock em Niterói, ocasionado pelo fechamento de espaços tradicionais entre os fãs do gênero, e suas variações, que dedicavam noites a “tributos” - tipo de evento voltado para a lembrança de bandas e ícones clássicos da história do estilo musical. 

“Trabalho com produção já há um tempo. Sou paulista e, desde que me mudei para cá, há cinco anos, sou envolvida com a cena do rock em Niterói. A ideia do ‘Rockteria’ surgiu mediante o fechamento de várias casas tradicionais do rock na cidade como o Maestrina, o Saloon Beer - que era um espaço super legal. Com isso, eu comecei a sentir essa carência de promover noites de tributo de bandas de rock, porque, andando pela cidade, você até consegue encontrar noites de pop-rock ou de rock, mas você ir a um show para ouvir sua banda favorita e juntar aquela galera que é do movimento do rock, as tribos, a gente não tem mais em Niterói. O ‘Rockteria’ veio com a ideia de resgatar a cena do rock na cidade”, conta Laís, que, na produção, resolveu unir o útil ao agradável. 

Roqueira assumida, ela uniu sua paixão pela banda Pearl Jam e sua história dentro do movimento grunge à programação, com o convite à banda Purano. 

“Eu sou muito fã do Pearl Jam, é uma das minhas bandas favoritas, e eu tenho um carinho muito especial pela banda Purano - que faz o tributo à banda. O grunge foi um dos movimentos mais importantes do rock. Ele chega no fim dos anos 80 e anos 90, e essa foi a época que eu curti, que eu comecei a ouvir rock. Para o evento, uni o útil ao agradável: meu amor pelo Pearl Jam e o fato de eu ter pertencido ao movimento grunge”, explica. 

A banda Purano, liderada por Bruno Correa, apesar de também empreender um trabalho autoral, leva ao palco do Convés o resultado de uma longa história com o Pearl Jam, que começou informalmente ainda em 1999. 

A banda Purano, que mostrará o repertório do Pearl Jam

Foto: Divulgação

“De modo geral, o pessoal pode esperar várias músicas do Pearl Jam, que a gente distribui em músicas mais ‘lado A’, mais conhecidas; e algumas mais ‘lado B’, não tão conhecidas, que não tocaram tanto em rádio, pois despertam o interesse de quem é fã mesmo, daquele pessoal mais fervoroso. A formação da Purano é de várias épocas do rock, então a gente sempre gosta de incluir nos repertórios outras músicas do movimento grunge, até mesmo do nosso trabalho autoral. Além do grunge, também temos influência de outras bandas dos anos 70, do hard rock, o que é um diferencial com relação a outras bandas que também fazem esse mesmo tipo de tributo”, adianta Bruno. 

Já a banda Hent, liderada por Vitor Retta, levará ao público presente toda a irreverência que Kurt Cobain imprimia na cena musical com o Nirvana. 

“Quem estiver presente no show estará de frente para pessoas com certa autoridade para fazer um tributo ao Nirvana. Eu, no caso, fui dono do primeiro fã-clube oficial do Nirvana no Brasil; fui ao show do Nirvana no Brasil; atualmente participo de um canal no YouTube chamado ‘Canal Nirvana Brasil’, que tem quase 90 mil pessoas que assistem. E a Hent tenta reproduzir ao máximo possível uma experiência para quem nunca viu o Nirvana. Passamos desde os hits até músicas não muito conhecidas, todas tocadas com os equipamentos mais próximos possíveis que a banda utilizava. É uma reprodução muito próxima do que seria o Nirvana ao vivo. E como todos da banda gostam do Nirvana, fazemos com amor, não é um simples teatro”, esclarece Vitor.

O Espaço Convés fica na Rua Cel. Tamarindo, 137, no Gragoatá. Sexta (9), às 21h30. Preço: R$ 10 (inteira). Classificação: 18 anos. Telefone: 99707-9404. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comments

Veja também

Scroll To Top