Assine o fluminense

Clássico de parar a Europa na Inglaterra

Chelsea e Barcelona medem forças pela Liga dos Campeões

O meia Iniesta será o responsável por municiar o poderoso ataque do Barcelona, formado por Coutinho, Messi e Suárez, diante do Chelsea, no Stamford Bridge

Foto: Divulgação

Dois jogos, às 16h45 (de Brasília), dão sequência nesta terça-feira (20) à rodada de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. O Barcelona tem um jogo muito complicado pela frente, visitando o Chelsea no Estádio Stamford Bridge, em Londres. O time inglês costuma causar problemas ao Barça historicamente. Os ingleses eliminaram os espanhóis nas edições de 2005, de 2006 e de 2012, ano em que conquistaram o caneco pela única vez.

“A história fica de fora do campo quando a bola começa a rolar. Estamos falando de dois times que são muito tradicionais e que tem uma rica tradição. O Barcelona é muito forte tecnicamente e com certeza vai exigir o nosso limite se quisermos lutar pela classificação. Mas meus jogadores sabem como é complicado avançar e vão se empenhar muito. Estou confiante em um bom jogo por parte do Chelsea”, disse o italiano Antonio Conte, comandante do time inglês.

Se historicamente o Chelsea se dá bem, o momento é do Barcelona, que vem fazendo uma bela temporada, terminou seu grupo na fase de classificação na liderança e vem brilhando no Campeonato Espanhol, título que deve conquistar de forma tranquila. O Chelsea, por sua vez, não tem mais possibilidades de ser campeão inglês e o trabalho de Antonio Conte vem sendo alvo de críticas. A Champions League se tornou a principal aposta dos britânicos.

“O Barcelona não leva em consideração o que está acontecendo na temporada, pois sabemos que vamos encontrar sérios problemas. O Chelsea vai jogar as suas fichas na Champions League e isso torna a partida bem mais complicada para a nossa equipe. Quem pensa algo diferente disso não está antenado com o futebol atual”, analisou Ernesto Valverde, comandante do Barcelona.

O Barceçlona aposta na força de sua linha de frente, com Lionel Messi e Luis Suárez. Porém, não terá dessa vez o brasileiro Philippe Coutinho, que já defendeu o Liverpool na competição e não foi inscrito pelo clube espanhol. Já o Chelsea aposta as fichas nos meias William e Eden Hazard.

Bayern x Besiktas – No outro jogo do dia o Bayern de Munique recebe o Besiktas da Turquia no Allianz Arena, em Munique, na Alemanha. O atual líder e virtual campeão do Campeonato Alemão pode ser considerado favorito absoluto após ter começado a temporada de forma irregular. O preço foi terminar a fase de grupos em segundo lugar, atrás do Paris Saint-Germain.

O trabalho do técnico Jupp Heynckes, porém, recolocou o time de Munique como um dos favoritos, mas é preciso se impor em casa.

“Vamos decidir na Turquia e sabemos como este time do Besiktas é bem qualificado, contando com jogadores de bom nível. É preciso encaminharmos a vaga nesta partida de ida. Não estou esperando goleada, mas temos que ganhar de qualquer maneira”, disse Jupp Heynckes.

A preocupação de Jupp Heynckes se deve à boa campanha do Besiktas na fase de grupos, quando deixou o Porto em segundo lugar em uma chave onde, pode exemplo, o Monaco, apontado como um dos favoritos, acabou eliminado.

Historicamente os dois times se enfrentaram apenas duas vezes na Champions League, na fase de grupos de 1997/1998. Em ambos os duelos o Bayern ganhou por 2 a 0.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comments

Scroll To Top