Assine o fluminense

Grêmio visita o Cerro na Libertadores

Tricolor Gaúcho luta pela liderança do Grupo 1 da Libertadores, hoje, às 21h30, no estádio General Pablo Rojas, no Paraguai

O técnico Renato Gaúcho tenta levar o Grêmio ao segundo triunfo consecutivo no Grupo 1 da Libertadores, diante do Cerro

Lucas Uebel / Grêmio

Parece fácil, mas não é. Assim pode ser definida a passagem do Grêmio pelo Estádio General Pablo Rojas, às 21h30 (horário de Brasília) hoje, quando a equipe brasileira viaja até o Paraguai para enfrentar o Cerro Porteño, pela terceira rodada da fase inicial da Copa Libertadores da América. O confronto vale a primeira posição do Grupo 1 da disputa internacional.

Isso porque, mesmo não estando nas mais difíceis chaves da competição sul-americana (os outros membros incluem o Defensor, do Uruguai, e Monagas, da Venezuela), os comandados do técnico Renato Gaúcho farão um confronto longe de seus domínios, justamente diante do líder, que é um dos únicos dois times que ainda têm 100% de aproveitamento no torneio.

Além disso, as dificuldades aumentam com os prováveis desfalques do Tricolor gaúcho para o duelo. O zagueiro Pedro Geromel, que já se ausentou da equipe na estreia do Brasileirão com uma virose, é dúvida para a partida. Por outro lado, o meia-atacante Luan, principal destaque do elenco, continua com dores musculares e não foi sequer incluído na lista de relacionados para o jogo, ficando de fora.

Outro desfalque certo é o atacante André. Autor do gol da vitória do Grêmio no primeiro jogo do Campeonato Brasileiro, contra o Cruzeiro, o jogador não foi inscrito a tempo pela diretoria do clube e só poderá atuar em caso de avanço para a fase de mata-mata da Libertadores.

Antes do importante duelo, o zagueiro Paulo Miranda relativizou o possível desfalque de Geromel e destacou a necessidade dos gremistas evitarem o clima de decisão.

Pelo lado do Cerro Porteño, o comandante Luis Zubeldía vai para a partida com duas alterações táticas, uma forçada e outra por opção técnica. Enquanto Jorge Rojas entrará substituindo Kevin Fernández, Óscar Ruiz, que voltou a sentir dores musculares, deve dar lugar para Willian Candia.

O volante, aliás, lamentou sua possível ausência no duelo contra os brasileiros. 

“Veremos a gravidade. Será difícil jogar contra o Grêmio, mas queria muito atuar nesta partida”, afirmou Ruiz.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comments

Veja também

Scroll To Top