Assine o fluminense

Rafaela Silva se supera e leva ouro no Grand Prix de Judô

Medalhista olímpica venceu alemã em duelo equilibrado que aconteceu na Hungria

Rafaela Silva é ouro! Nesta sexta-feira, logo no primeiro dia do Grand Prix de Judô em Budapeste, na Hungria, a brasileira campeã olímpica em 2016, no Rio de Janeiro, superou duelos duros nas fases classificatórios, uma final de reviravoltas e conseguiu a vitória sobre a alemã Theresa Stoll com um ippon para garantir o lugar mais alto do pódio.

A estreia na competição foi diante da americana Leilani Akiyama. Na categoria até 57 kg, a brasileira conseguiu exercer o domínio e se garantiu no terceiro round, quando superou a polonesa Julia Kowalczyk. Nas quartas de final, Rafaela finalizou a atleta canadense Christia Deguchi, que vinha de uma sequência invicta, e antes da final ainda passou pela anfitriã Hedvig Karakas.

Na final, Rafaela encontrou uma adversária muito dura, que tentou se impor e deixou o duelo equilibrado em diversos momentos. Restando um minuto, a brasileira conseguiu um Yuko e abriu vantagem, que quase foi perdida com a marcação inicial da arbitragem de Ippon. Porém, com o recurso do vídeo, o golpe foi revisto e o Wazari foi marcado. No fim, a campeã olímpica venceu e garantiu o ouro.

Pela categoria até 60 kg masculino, Raphael Miaque, único brasileiro, acabou dominado logo na estreia diante do israelita Alon Rahima e e perdeu por ippon. Já Nathalia Brigida estreou com o pé direito superando a espanhola Laura Abelenda. No segundo round, entretanto, acabou eliminada para a argentina Paula Pareto na chave até 48 kg feminino.

Quem conseguiu um bom desempenho e por pouco não avançou para a semifinal da competição em solo húngaro foi Diego Santos. Lutando na categoria até 66 kg, o brasileiro estreou com vitória sobre o americano Alaa El Idrissi por ippon. No segundo round, encarou o bielorrusso Dzmitry Minkrou e avançou novamente por pontos. A particiação, porém, acabou finalizada no terceiro round, quando Diego foi derrotado pelo irlandês Nathon Burns por ippon.

Na categoria até 57 kg feminino, mesma de Rafaela, Kamila Silva deu indícios de que poderia ir longe vencendo em sua estreia a eslovaca Viktoria Majorosova, mas no segundo round acabou dominada e derrotada por ippon diante da ucraniana Mariia Skora.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comments

Scroll To Top