Assine o fluminense

Atropelamento deixa seis feridos

Segundo testemunhas, carro em alta velocidade invadiu calçada na Avenida Central, em Itaipu

Pessoa segura pedaço do para-choque do veículo, que ficou para trás

Evelen Gouvêa

Seis pessoas ficaram feridas ao serem atropeladas por um carro prata na madrugada desta segunda-feira (24) na Avenida Ewerton da Costa Xavier, mais conhecida como Avenida Central, em Itaipu, na Região Oceânica de Niterói. Segundo testemunhas, o motorista seguia em alta velocidade e fugiu sem prestar socorro.

Cerca de cem pessoas estavam reunidas em um bar na altura do número 1.447, para um show de pagode, quando o carro surgiu de repente. As vítimas estavam na calçada e algumas, na rua, próximas ao meio-fio. Carla Cristina B. Rios, de 19 anos, chegou a ser arrastada por mais de 100 metros.

O marido dela, o rodoviário Luan Zampirolli Soares, de 28 anos, escapou por pouco de também ser atingido. Ele contou que o grupo de amigos havia voltado do jogo do Flamengo e aproveitava o evento próximo de casa quando escutou o som de frenagem do veículo.

“Eu não sei como eu consegui sair. Quando ele passou, fiquei procurando ela pelos lados e não achei. Foi quando vimos que ela estava ainda debaixo do carro. As pessoas gritavam para o motorista parar, mas ele não parou. Depois, quando ela ficou no chão, fiquei ao lado dela para ela não dormir. Foi uma cena de terror, não consegui dormir e nem comer”, desabafou.

Na segunda pela manhã, Luan e um amigo, que também estava presente no momento do acidente, voltaram ao local na intenção de procurar pertences e câmeras de segurança que pudessem ter gravado o atropelamento. No trecho próximo ao bar, havia pedaços do para-choque do carro e manchas de sangue.

Após o atropelamento, o veículo, não identificado, seguiu em alta velocidade em direção ao Centro de Niterói. Outros participantes do evento chegaram a perseguir o carro em motos e outros veículos. Um deles capotou na Estrada Francisco da Cruz Nunes, também em Itaipu, e também acabou ferido. Não há informações sobre seu estado de saúde. 

Das seis vítimas do atropelamento, três foram medicadas no local e liberadas. Duas vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros, sendo encaminhadas para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, em São Gonçalo. 

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, até a tarde desta segunda, a paciente Carla Cristina apresentava estado de saúde grave. O outro paciente recebeu alta. 

Outra vítima, um rapaz de 24 anos foi resgatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado, lúcido, para o Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal). O estado de saúde não foi divulgado.

A prefeitura informou que o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) possui câmeras na região do acidente e que as imagens estão à disposição da polícia para auxiliar na identificação dos autores. O caso foi registrado na 81ª DP, em Itaipu. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comments

Veja também

Scroll To Top