Assine o fluminense

Angra dos Reis apresenta primeiro projeto para o Rio Media Center da Olimpíada

Projeto foi entregue ao secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro

O município de Angra dos Reis, situado na Costa Verde do estado do Rio de Janeiro, foi o primeiro a apresentar projeto para o Rio Media Center (RMC), visando a Olimpíada e a Paralimpíada que ocorrerão na capital fluminense em agosto e setembro próximos. O Rio Media Center é o centro de referência para a imprensa não-credenciada e credenciada pelo Comitê Olímpico InternacionaI (COI) para a cobertura dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Iniciativa da prefeitura do Rio de Janeiro, o RMC funcionará no Pavilhão Olímpico, ao lado dos prédios da prefeitura e do Comitê Rio 2016, no bairro Cidade Nova, centro da capital. No Pavilhão Olímpico, haverá espaço para exposições e demonstrativo dos destinos turísticos não só do Brasil, mas do exterior.

O projeto foi entregue ao secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro, Nilo Sérgio, e à representante da Empresa Olímpica da prefeitura do Rio, Fernanda da Silva, durante a apresentação do RMC para gestores de turismo de mais de 30 cidades do interior fluminense.

Nilo Sérgio argumentou que graças a acordo de cooperação firmado pela secretaria com a Empresa Olímpica, os municípios do interior com vocação turística, que enfrentam, no momento, dificuldades de recursos para divulgação de seus destinos, vão poder se apresentar na Olimpíada e na Paralimpíada.

“Foi fantástico esse acordo porque, no espaço do RMC, as cidades poderão “vender” seus produtos. Pode ser gastronomia, artesanato, pacotes turísticos. Ali vão circular em torno de oito mil jornalistas não credenciados mas que estarão no Rio de Janeiro para cobrir tudo. Esse jornalista é que interessa à gente”, disse o secretário.

Destacou que como presidente do Fórum Nacional de Secretários de Estado de Turismo, cargo para o qual foi eleito no mês passado, ele já teve também a confirmação que dez estados brasileiros apresentarão seus projetos para serem levados à coordenação do Rio Media Center, para divulgação de seus destinos e riquezas nesse espaço. “Vai ser um lugar de badalação muito boa, com um público que interessa, que são os jornalistas, formadores de opinião”, comentou. A expectativa é que o resultado amplie o número de turistas para o Rio e para o Brasil. Segundo o secretário, o cronograma das apresentações das cidades e estados será estabelecido pela Empresa Olímpica da prefeitura do Rio de Janeiro.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top