Assine o fluminense

Aplicativo vai agilizar socorro a mulheres sob medida protetiva



O governo de São Paulo lançou um aplicativo para facilitar que mulheres sob medidas protetivas peçam socorro à polícia. O SOS Mulher permitirá que as usuárias disparem uma mensagem de emergência à Polícia Militar com o acionamento de um botão. O serviço está disponível para cerca de 70 mil pessoas que estão protegidas por decisões do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP).

Para usar a ferramenta, é preciso baixar o aplicativo nas lojas virtuais do Google Play, para o sistema Android, e da App Store, para iPhone. Depois, será pedido um cadastro para que as informações possam ser checadas com o TJSP. O aplicativo emitirá, então, uma confirmação e o serviço poderá ser usado a partir de 1º de abril.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top