Assine o fluminense

Arrecadação da Caixa com loterias e poupança sobe

Nos jogos, montante foi de R$ 9,97 bilhões entre janeiro e setembro

A arrecadação da Caixa Econômica Federal com poupança e loterias subiu no acumulado do ano.

No caso dos jogos, o montante foi de R$ 9,97 bilhões entre janeiro e setembro. Foi o maior valor dos últimos cinco anos, representando aumento de 28% em relação a 2012, quando o total arrecadado ficou em R$ 7,8 bilhões. Somente em setembro, foram gastos R$ 1,28 bilhão nessas apostas, um aumento de 14,29% em relação a agosto.

Segundo o banco, o aumento deveu-se à maior participação dos apostadores e à criação de produtos especiais, como Dupla de Páscoa, Quina de São João e Lotofácil da Independência. Os principais jogos da instituição são a Mega-Sena, a Lotofácil, a Quinta e a Lotomania. Além destas, são ofertados a apostadores a Quina, Dupla Sena, Loteca, Lotogol, Timemania e os bilhetes da Loteria Federal.

Recursos para políticas sociais - A arrecadação tem relevância, pois não se destina somente aos prêmios de apostadores, mas também ao Orçamento da União para ações nas áreas de saúde, previdência, assistência social, esporte, cultura, educação e segurança pública. Os percentuais são diferentes para cada modalidade de jogo. No acumulado do ano, o repasse totalizou R$ 4,8 bilhões. Nos 12 meses de 2015, os recursos somaram R$ 7 bilhões; em 2014, 6,39 bilhões; em 2013, R$ 5,38 bilhões; e em 2012, R$ 4,89 bilhões.

Para aumentar o volume de recursos, a direção da Caixa deve abrir a realização de jogos na Internet. Hoje essa possibilidade só está disponível a clientes do banco para a Mega-Sena. No entanto, a assessoria do banco informou que ainda não há definição de como o sistema de apostas pela web vai funcionar e quais produtos vai abarcar. Também não há previsão para o início do serviço.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top