Assine o fluminense
Coaching & Gestão

Palestrante, coach, mentor e escritor, José Haddad tem mais de 30 anos de experiência profissional, já tendo ocupado cargos executivos em grandes empresas, treinando e motivando profissionais

A liderança sempre existiu



O conceito de liderança não é coisa nova. Muito pelo contrário, sempre existiu desde que mundo é mundo.

As formas de liderar é que precisam sempre se adaptar a realidade e aos costumes das gerações. Hoje já se diferenciam chefes, de líderes. De certa forma, haverá cada vez menos espaço para chefes, nos novos mundos. Os chefes só existem ainda, aonde o poder, a miséria ou a desigualdade humana impera. Estou afirmando que ditados populares como “manda quem pode , obedece quem tem juízo”, não sobreviverão em sociedades que adotem a cultura da sustentabilidade em todos os seus relevantes aspectos.

A maior habilidade considerada nos líderes atuais é sua capacidade de entregar aquilo que esperam que ele entregue, com a maior velocidade possível, menor custo possível e nível de performance de excelência alta. Para que um líder possa conseguir isso, ele deve possuir características de liderança que consiga desenvolver um time de colaboradores sinérgicos e comprometidos. Deve inspirar o time a ter a liberdade de desenvolver e aplicar o seu melhor, com autonomia e responsabilidade.

A hierarquia da nova liderança é estabelecida por uma questão de disciplina e ordem, jamais pelo poder.
 
O novo líder deve tratar pessoas diferentes, de forma igual, respeitando suas diferenças. Mais do que inteligência, o novo líder deve exercer a sabedoria, para conseguir tirar de cada um dos colaboradores, o seu melhor e ter a capacidade de enxergar qual a melhor forma que cada um do time pode contribuir com os resultados pretendidos.

Um líder, forma líderes, não, seguidores. Ele precisará ser um educador preparando seu substituto, para que ele, líder,  possa continuar crescendo. O líder educador, sabe que cada um tem suas características próprias para aprender. O modo de aprender está relacionado às características individuais e histórico de vida de cada colaborador e é bem provável, que esse modo de aprender, possa se modificar ao longo da vida.

Segundo Malcolm Knowles, os candidatos a líderes aprendem melhor quando cumpridos os requisitos citados a seguir: têm conhecimento da finalidade das coisas;  colocam em prática, experimentando o que aprenderam; os resultados pretendidos estão alinhados com seus desafios; têm condição de aplicabilidade imediata e os desafios vão ao encontro de suas motivações pessoais. O processo de aprendizagem abrange o “porquê, “para quê” e o “como”.

A liderança, pois, determina o nível de performance dos resultados esperados, de acordo com o modo de como o líder lidera seus liderados e nem tanto e nem sempre, pela capacidade de realização individual do líder.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Mais notícias de

Scroll To Top