Assine o fluminense
Coaching & Gestão

Palestrante, coach, mentor e escritor, José Haddad tem mais de 30 anos de experiência profissional, já tendo ocupado cargos executivos em grandes empresas, treinando e motivando profissionais

Quanto vale a sua paz?



Desacelerar o ritmo, passar mais tempo com aqueles que amamos, praticar mindfulness, meditação, práticas esportivas, bem como, o contato direto com a natureza são condutas imprescindíveis para que o ser humano se torne menos frenético e mais feliz.

Minha geração, gerações anteriores, bem como, culturas de países mais conservadores, foram forjadas como se a natureza fosse separada de nós. Como se de alguma forma, nós fossemos governantes da natureza, controlando-a. Esquecemos que viemos dessa mesma natureza e prescindimos dela para continuar vivos. Que ela é superior a nós em sabedoria. O próprio ar que respiramos nos conduz a essa conclusão.

Essa exagerada autocobrança por trabalhar intensamente, vem de uma visão equivocada de que a felicidade está no campo das conquistas materiais. Nos desconecta de nossa essência, a natureza, da certeza de que o universo é abundante e tem muito para todos nós.

Mas nem tudo está perdido. Recentes estudos mostram que grande parte dos millenials (gerações recentes) não quer passar horas e horas só trabalhando. Mostrou que os jovens consideram "equilíbrio entre trabalho e vida pessoal" mais importante que progredir na carreira. Valorizam o tempo com a família e amigos, o lazer e o entretenimento. Parabéns para essas novas gerações que estão conseguindo se libertar dessa cultura centenária do estresse. Vamos aprender com eles a construir um mundo onde a felicidade passa a ser um direito.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Mais notícias de

Scroll To Top