Assine o fluminense
Seus Negócios

Ulisses Dávila fala sobre o mundo corporativo, profissional, qualificação e marketing

Coluna 14/08/2019



As empreendedoras Taiana Jung, Thais Garcia, Vivian Fróes e Graciele Davince

Sheila Frias/Divulgação

Empreendedorismo feminino em alta

Em Niterói, um grupo com mais de 150 mulheres empreendedoras com o objetivo comum de conquistar o crescimento profissional formou uma rede de apoio para a geração de novos negócios e compartilhamento de informações. Trata-se da iniciativa “Somos Empreendedoras”, que promove, sazonalmente, encontros que contam com painéis temáticos e rodas de conversa para promover network, troca de experiências e conhecimentos.

A ideia do projeto veio de Curitiba, pela consultora de imagem Jacke Helud, que em 2016, ao chegar em Niterói, conheceu a arquiteta Carol Siggelkow, a coach Aline Bernardes, a empresária Lívia Ressiguiern, a diretora da Beira Mar Home Paula da Mata e a designer de interiores Paula Motta, e decidiu começar a tocar o grupo de empoderamento empreendedor feminino.

Hoje, a “Somos Empreendedoras” é coordenada por Taiana Jung, da Logos Consultoria; Thaís Garcia, da Gráfica Printmill; Vivian Fróes, da Lifecard; e Graciele Davince, da Eletrofrigor. Empreendedoras interessadas em participar do grupo podem entrar em contato e obter mais informações por meio do Instagram @somosempreendedoras.

O plenário da Alerj estava lotado na votação da aprovação da Frente

Suellen Lessa/Alerj

Alerj em defesa do setor naval

O setor naval, que já foi um dos segmentos que mais fomentou negócios no Estado do Rio, ganhou, nesta semana, um aliado para sua reestruturação. A Frente Parlamentar em Defesa da Indústria Naval foi relançada na Alerj. Indicadores da decadência do setor podem ser constatados por dados do Sindicato Nacional da Indústria Naval (Sinaval): os números dão conta que os estaleiros brasileiros empregam, hoje, cerca de 25 mil funcionários. No início dos anos 2000, o número era de 80 mil. No Estado do Rio, o segmento naval perdeu 25 mil postos de trabalho nos últimos quatro anos.

MP da liberdade econômica

A Câmara dos Deputados, em Brasília, deve votar, ainda nesta semana, a Medida Provisória 881/19, que ficou conhecida como MP da Liberdade Econômica. Entre outras mudanças, a MP dispensa qualquer licença prévia para liberar atividades de baixo risco – uma regra que era aplicada exclusivamente para os casos de sustento próprio ou da família agora se estende a todos os donos de pequenos negócios. Segundo Carlos Melles, presidente do Sebrae, a MP pode ser uma revolução para o ambiente de negócios brasileiro. “A MP reduz a burocracia, elimina uma série de licenças [...] e outras autorizações exigidas pela administração pública para o exercício de atividades econômicas”, explica Mello.

Conta mais

Com o intuito de incentivar o empreendedorismo e promover o acesso ao mundo do trabalho, o Programa de Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho) realizará, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, a Oficina de Economia Solidária e Empreendedorismo, na Casa Social, no Jardim Catarina, em São Gonçalo. As inscrições estão abertas e poderão ser feitas até 20 de agosto, na própria instituição.

Com 50 unidades em cinco estados brasileiros, a rede Jah do Açaí/Penguins inaugurou a primeira unidade em Niterói, no Shopping Bay Market, no Centro. A nova unidade faz parte do plano de expansão da marca, que pretende chegar a 100 pontos de venda até o fim do ano. O Estado do Rio de Janeiro já conta com unidades da rede nos municípios de Araruama, Cabo Frio e São Pedro da Aldeia, todos na Região dos Lagos.
 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Mais notícias de Seus Negócios

Scroll To Top