Assine o fluminense

Mourão nega que defenda a privatização da Petrobras



Vice-presidente eleito se pronunciou através da sua conta no Twitter

O vice-presidente eleito, Hamilton Mourão negou em sua conta do Twitter, que defenda a privatização da Petrobras

Arquivo/Agência Brasil
 

O vice-presidente eleito, Hamilton Mourão, negou nesta quarta-feira (14), na sua conta do Twitter, que defenda a privatização da Petrobras. Ele esclareceu que é favorável a privatizar a BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras.

“Esclarecendo qualquer possível dúvida quanto ao publicado pela imprensa nesta quarta: em videoconferência com investidores reunidos nesta terça-feira (13) nos EUA informei que o futuro governo estuda a possibilidade de privatizar a BR Distribuidora. Considero a Petrobras empresa patrimônio do Brasil.”

A BR Distribuidora é uma sociedade anônima de capital aberto, com sede na cidade do Rio de Janeiro, subsidiária da Petrobras.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou anteriormente que pensa em privatizar algumas empresas e extinguir outras. Mas não mencionou áreas específicas que podem ser privatizadas.

Fonte: Agência Brasil

 

 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top