Assine o fluminense

ONU lamenta morte de estudante no Complexo da Maré



De acordo com o organismo internacional, somente em 2015, 11.403 adolescentes de 10 a 19 anos foram vítimas de homicídio no país

De acordo com o organismo internacional, somente em 2015, 11.403 adolescentes de 10 a 19 anos foram vítimas de homicídio no país

Foto: Fotos Públicas

A Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil lamentou na terça-feira (26), em comunicado, a morte do estudante Marcus Vinícius da Silva, de 14 anos, durante uma operação da Polícia Civil, no Complexo da Maré, zona norte do Rio, na última quarta-feira (20). De acordo com a ONU, a morte do adolescente "é um exemplo do trágico número de 31 homicídios de crianças e adolescentes que acontecem por dia no Brasil". 

De acordo com o organismo internacional, somente em 2015, 11.403 adolescentes de 10 a 19 anos foram vítimas de homicídio no país, considerado o maior número absoluto de mortes de pessoas nesta faixa etária no mundo. “Os adolescentes negros estão três vezes mais vulneráveis a mortes violentas em comparação com os brancos na mesma faixa etária”.

A ONU também lançou a campanha "Vidas Negras", pelo fim do racismo e da violência letal contra a população negra. No documento, as Nações Unidas fazem um apelo público “pela garantia do direito à vida de cada criança, adolescente, jovem, mulher e homem negro”.

"É inadmissível que a trajetória de vida de adolescentes, como Marcus Vinícius da Silva e tantos outros, seja interrompida de forma violenta, gerando consequências tão graves quanto permanentes para outras crianças e adolescentes, suas famílias, suas comunidades e a sociedade brasileira", disse a ONU.

Abraço à escola de Marcus Vinícius

Nesta quarta-feira (27), quando completa uma semana da morte do estudante Marcus Vinícius, moradores do Complexo da Maré se reúnem às 9h para um abraço à Escola Municipal Vicente Mariano, onde o adolescente estudava. A Secretaria Municipal de Educação participa do ato. 

Alunos e professores de várias unidades educacionais da Maré saem caminhando de suas escolas em direção à Escola Vicente Mariano, que fica na Baixa do Sapateiro, uma das comunidades que integram o Complexo de Favelas da Maré.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top