Assine o fluminense

Acidente no Rio provoca congestionamento em Niterói

Tempo de travessia na Ponte chegou a quase uma hora

Todos os acessos à Ponte Rio-Niterói ficaram congestionados na manhã desta terça-feira

Foto: Marcelo Feitosa

Motoristas que seguiram no sentido Rio de Janeiro encontraram trânsito complicado na Ponte Rio-Niterói e nos seus acessos na manhã desta terça-feira (4), por conta de um acidente na Avenida Paulo de Frontin, na região do Rio Comprido, onde um motociclista morreu. Por conta do acidente, uma faixa da avenida foi interditada, na altura da Rua Joaquim Palhares, sentido Túnel Rebouças. Segundo o Centro de Operações Rio, o acidente foi desfeito e a pista liberada por volta das 8h. O acidente complicou o trânsito em toda a região central do Rio de Janeiro.

Por volta de 7h30, o tempo de travessia na Rio-Niterói já era de quase uma hora no sentido Rio. Segundo a Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans), o acidente provocou reflexos no acessos à Ponte em Niterói, além de importantes vias que apresentaram congestionamento, entre elas: avenidas Jansen de Melo, no Centro, e Roberto Silveira, em Icaraí. 

Motoristas que seguiam de São Gonçalo e da Zona Norte de Niterói também encontraram dificuldades na Avenida do Contorno, do bairro de Neves, em São Gonçalo, até o acesso à Ponte Rio-Niterói, segundo a concessionária Autopista Fluminense, que administra o trecho. Já quem optou pela Alameda São Boaventura, no Fonseca, Zona Norte da cidade, também encontrou trânsito pesado pela manhã. De acordo com a concessionária EcoPonte, que administra a Ponte, um veículo enguiçado na altura do Vão Central da Ponte, no sentido Rio, contribuiu ainda mais para o engarrafamento. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top