NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Alerj debate segurança nas estradas

O trecho de São Gonçalo e Niterói da Rodovia BR-101 é considerado um dos mais perigosos do estado

Foto: Via Whatsapp OFLU

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) receberá, no dia 1º de agosto, uma audiência pública que debaterá medidas de enfrentamento da violência nas estradas. O encontro pretende abordar a situação da Rodovia BR-101, mais especificamente no trecho Niterói-Manilha, que tem sido alvo constante, nos últimos anos, de episódios de violência como arrastões e roubos de carga. O evento é uma iniciativa das comissões de Turismo e Segurança Pública e Assuntos de Polícia da Casa Legislativa. 

A deputada maricaense Zeidan (PT), vice-presidente da Comissão de Turismo relembra que esta não é a primeira audiência neste sentido. 

“Fizemos uma primeira audiência sobre o excesso de radares nas rodovias, prejudicando o turismo na Região dos Lagos, durante a semana santa. Cobrei o DER, e também através de ofício, o desligamento nas áreas consideradas mais inseguras. Outro ponto discutido foi a falta de policiamento em trechos como o da Niterói-Manilha e essa audiência do dia primeiro vai tratar desse aspecto”, disse.

Para a deputada, turistas estão sendo perdidos pela região por falta de segurança nas estradas.

“Os turistas estão indo embora para onde haja estradas mais seguras e menos engarrafadas. Já pedi à Turisrio um estudo mais detalhado, mas as queixas que ouvimos do setor hoteleiro têm sido constantes. Claro que não só o turista, mas também os moradores saem perdendo com tanta insegurança”, explicou.

Violência – no dia 27 de junho, o supervisor de vendas Rodrigo Leite Cabral, de 32 anos, foi assassinado durante um roubo quando retornava para casa depois de jogar futebol com seus amigos na BR-101, na altura de Guaxindiba, em São Gonçalo. No dia 31 de maio, um arrastão na altura do Jardim Catarina, também em São Gonçalo, teve intensa troca de tiros, obrigando motoristas a abandonarem seus veículos e buscarem refúgio. 

No dia 20 de abril, uma equipe de O FLUMINENSE que retornava da apuração de um acidente de trânsito na BR-101, no qual um dos carros possuía 6 kg de maconha, 700 papelotes de crack e munições, se viu no meio de um arrastão na altura do km 310 da rodovia, no Boaçu, em São Gonçalo. Por sorte, policiais militares do Batalhão de Rondas Especiais (Recom) que passavam pelo local agiram rápido, frustrando a tentativa dos bandidos, que fugiram. 


Scroll To Top