Assine o fluminense

Alerj vai averiguar denúncias de má gestão no saneamento em Niterói

Comissão visitará pontos de possíveis irregularidades na Região Oceânica e Zona Sul nesta segunda

A Comissão de Saneamento Ambiental (Cosan) da Alerj vai realizar, nesta segunda-feira (20), vistorias para investigar possíveis despejos de efluentes sem tratamento em importantes corpos hídricos em Niterói.
 
Os técnicos irão visitar pontos específicos na Região Oceânica e Zona Sul da cidade, de onde partiriam efluentes sem tratamento em direção ao Canal do Camboatá, Valão de Santo Antonio, Rio Colibri, Rio Engenho do Mato e os canais de São Francisco e Ary Parreiras, que desaguam nas praias da Baía de Guanabara e nas lagoas de Itaipu e Piratininga.
 
As informações apuradas durante a vistoria serão reunidas em um documento a ser apresentado numa Audiência Pública da Alerj, marcada para 13 de junho, na Câmara de Vereadores de Niterói, que irá tratar da gestão pública do saneamento básico na cidade.
 
A Comissão de Saneamento Ambiental da Alerj recebe denúncias a respeito de irregularidades relacionadas ao sistema de água e esgoto em todo o Estado. Quem quiser colaborar pode ligar gratuitamente para o número 0800 282 8815 ou comparecer pessoalmente na Rua Dom Manoel, s/n, gabinete 107, no Centro do Rio, de segunda a sexta-feira, das 10 às 17h.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top