Assine o fluminense

Ataque em prédio no Centro de Niterói

Membro da Arquidiocese de Niterói afirma ter sido ameaçado e empurrado durante visita ao edifício que passa por briga na justiça

Um membro de uma pastoral da Arquidiocese de Niterói afirma ter sido ameaçado e agredido em visita ao Edifício Amaral Peixoto, 327, no Centro, neste sábado (18), durante trabalho de ação social. Em abril, a justiça determinou a desocupação do prédio, que oferece risco de incêndio e se encontra em situação de precariedade e insalubridade. O caso foi registrado na 76ª DP (Centro). Moradores também denunciam tentativas de atear fogo no imóvel. 

De acordo com o representante da arquidiocese, as visitas, com o objetivo de auxiliar os moradores para a situação de desocupação, já acontecem há dois anos. Neste sábado, em um dos andares, ele teria sido abordado por um homem não identificado e ameaçado para que ele não retornasse mais ao local.

O voluntário da pastoral também disse ter sido agredido com um empurrão próximo a uma escada, se segurando na parede para não cair. O agressor fugiu em seguida. No momento do ataque, o representante estava com mais cinco voluntários no edifício.

Ainda neste sábado, uma moradora do prédio denunciou na 76ª DP que já foram realizadas três tentativas de atear fogo no edifício. Na última, nesta madrugada, o fogo teve início em um ‘monte’ de lixo no térreo do condomínio. 

A Polícia Civil irá investigar ambos os casos. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top