Assine o fluminense

Bicicleta entra na pauta da eleição

Líderes de movimentos relacionados ao uso do veículo se reúnem com candidatos a vereador no Museu do Ingá

Luiz Araújo, do Pedal Sonoro, falou da campanha nacional da União de Ciclistas

Foto: Lucas Benevides

Dezenas de pessoas estiveram na tarde deste sábado no Museu do Ingá para participar do encontro “Bicicleta nas eleições / Niterói 2016” que teve como objetivo criar comprometimentos dos candidatos ao Poder Legislativo de Niterói com políticas públicas de incentivo e fomento ao uso da bicicleta como meio de transporte.  

Na ocasião, grupos e ativistas discutiram com os candidatos a vereador propostas para a promoção do que eles definem como “mobilidade ativa” em Niterói. 

“Na verdade é uma campanha nacional realizada pela União dos Ciclistas do Brasil (UCB) em mais de 50 cidades, sendo sete no Estado do Rio de Janeiro. Aqui em Niterói, nós, do Pedal Sonoro, somos os operadores dessa campanha, com apoio de outras entidades. O objetivo é sensibilizar esses candidatos para que as questões do uso da bicicleta entrem nos seus respectivos programas de governo”, explicou Luiz Araújo, do projeto Pedal Sonoro.

Na programação, quatro breves apresentações audivisuais com os temas: bicicleta nas eleições, aspectos da legislação, pesquisas e dados sobre a mobilidade em Niterói e a relação da bicicleta com o comércio. 

“A ideia é juntar forças. É fundamental que o poder público se comprometa com uma cidade mais humana. Não é só bicicleta, a gente também quer calçadas e sinais de trânsito que permitam que o pedestre atravesse com segurança, ou seja, que todas as partes convivam com respeito na rua”, afirma Ana Luiza Carboni, membro do Bike Anjo Niterói.

Logo após esta exposição, houve tempo para perguntas, considerações e um debate. No final do encontro, candidatos que desejassem assumir um compromisso com a causa puderam assinar um documento manifestando essa vontade. A próxima etapa do evento é provocar um encontro com os candidatos a prefeito. “Niterói é uma cidade plenamente ciclável, com distância curtas e relevo propício. Essa é a hora, ter ciclovia é diminuir carros nas ruas” concluiu Sérgio Franco, do Mobilidade Niterói. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top