Assine o fluminense

Ciclista é atropelada em ciclofaixa da Amaral Peixoto

Acidente aconteceu na esquina da Rua Visconde de Uruguai, no Centro da cidade

Uma ciclista sofreu um acidente na noite do último sábado na esquina da Avenida Ernani do Amaral Peixoto com a Rua Visconde de Uruguai, no Centro de Niterói. A projetista Thaís Finochio, integrante do grupo de ciclistas Pedal Sonoro, foi atropelada por um táxi quando pedalava sentido Avenida Marquês do Paraná e o táxi entrava na Rua Visconde de Uruguai. Thaís foi levada para o Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, na Zona Norte de Niterói, onde passou por cirurgias após serem constatadas fraturas no braço e no maxilar. 

Thaís estava seguindo para um evento do Pedal Sonoro quando o acidente aconteceu. Através do Facebook, ela lamentou fazer parte das estatísticas.

“Nosso sistema de transporte público não nos atende, as ciclovias e ciclofaixas da cidade não se conectam, se você é pedestre, também não tem vez. Não existem faixas de pedestre na cidade, o tempo de semáforo para um pedestre cruzar uma grande avenida é insuficiente. Se você opta pelo automóvel particular, você não sai do lugar”, desabafou. 

O grupo Mobilidade Niterói emitiu nota sobre o acidente questionando o modo como as campanhas de sinalização das ciclofaixas são feitas. Segundo o comunicado, em toda a extensão da Avenida Ernani do Amaral Peixoto não existe um semáforo voltado para os ciclistas ou placas com orientação para motoristas.

“Algumas esquinas, como a da Rua Maestro Felício Toledo e Rua Visconde de Sepetiba são particularmente mais perigosas. Além da falta de sinalização adequada, o ciclista fica ocultado dos veículos que seguem em direção à Avenida Amaral Peixoto. Temos que lembrar que no fim de semana passado, outro ciclista (Bruno May), integrante do Ciclistas de Niterói, foi atropelado por um carro que seguia em grande velocidade pela mesma Avenida. Por muita sorte, o ciclista nada sofreu, mas teve sua bicicleta quebrada”, informa a nota.

Procurada, a Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans) informou que a via já é plaqueada. De acordo com o programa Niterói de Bicicleta, há projetos em estudo para a melhoria da sinalização vertical e horizontal das ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas existentes na cidade.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

ricardo
Gente, vamos ser honestos: o problema é que o brasileiro é mal educado, não respeita ninguém. Somos um lixo de povo em um território maravilhoso. Uma pena.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

ricardo
TEMOS QUE PARAR COM A HIPOCRISIA DE QUE BRASILEIRO, CARIOCA, É GENTE BOA. TUDO ISSO É FALTA DE EDUCAÇÃO. O MOTORISTA QUE NÃO RESPEITA O CICLISTA E O PEDESTRE, E ESTES QUE NÃO RESPEITAM OS DEMAIS.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Eduardo Chaves de Oliveira
A matéria errou, "A ciclista não sofreu um acidente", a ciclista foi ATROPELADA por um táxi que não respeitou a ciclovia.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top