Assine o fluminense

Ciclistas e pedestres em risco da Estrada Leopoldo Fróes

Veículos costumam invadir ciclofaixa destinada a quem pedala ou corre na via que liga Icaraí a São Francisco

Veículos invadem a ciclofaixa diariamente na Estrada Leopoldo Fróes

Foto: Marcelo Feitosa

Ciclistas e pedestres reclamam da falta de segurança na ciclofaixa ao longo da Estrada Leopoldo Fróes, que liga os bairros de Icaraí e São Francisco, na Zona Sul de Niterói. Segundo eles, que correm ou andam de bicicleta no espaço, veículos invadem a pista em alta velocidade, colocando a vida das pessoas que passam por ali em risco.

Além deste problema, alguns condutores estacionam veículos irregularmente no lado direito da via, e com isso muitos carros são obrigados a desviar, invadindo assim a pista destinada para os ciclistas. De acordo com o arquiteto Humberto Brandão, de 57 anos, o desrespeito é frequente.

“Caminho aqui quase todos os dias e vejo os veículos invadirem a pista, isso é um perigo. Quem passa pelo local tem que ficar sempre atento no que está acontecendo para não ocorrer nenhum acidente”, disse.

Já para o advogado Marcelo Costa, de 36 anos, a solução para o problema seria a instalação de um radar no local.

“Acho que esta seria uma boa medida, para evitar graves acidentes. Passar por ali se tornou muito perigoso”, declarou.

O militar Flavio Menezes, de 46 anos, declarou que os motoristas deviam se conscientizar com o perigo que os pedestres enfrentam diariamente no local.

"Caminho todos os dias e vejo os veículos invadirem a pista. Isso é um perigo”, disse o arquiteto Humberto Brandão

Foto: Marcelo Feitosa

“Acho que os motoristas deviam respeitar os pedestres e quem pratica exercícios no local. Não é necessário passar por ali em alta velocidade. Pratico atividades diariamente e sempre que estou correndo tenho que observar e desviar dos carros que vêm”, revelou.

Fiscalização - Procurada, a Niterói Transportes e Trânsito (NitTrans) informou que conta com um agente percorrendo o local de moto com o objetivo de coibir a prática. 

Além disso, a autarquia informou que também possui uma ação com agentes ciclistas percorrendo as ciclovias e ciclofaixas da cidade. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Falo mesmo
Uma pista estreita onde veículos grandes têm que abrir para fazer o jogo e passar nas curvas e vem um cabeça de bagre e mete uma ciclofaixa onde nem cabe um ônibus direito e vem aqui reclamar depois, analisem antes, estudem antes de fazer esta porcaria que coloca a vida das pessoas em risco!
Vote up!
Vote down!

: 1

You voted ‘up’

Bruno Braga
Prezado. Dirijo caminhão e garanto a você que há espaço suficiente na vida para fazer qualquer tipo de manobra. A ciclovia está no lugar correto e é seu dever respeitar a Lei. Não tem uma bicicleta passando, é uma vida. São Dezenas de milhares de pessoas correndo, pedalando ou fazendo outro tipo de exercício nesta ciclovia. Carro é segundo plano. Niterói é uma cidade para as pessoas e não para os carros. Se acostume a isso, ou mude de cidade.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Bruno Braga
A ciclovia precisava de segregação, para evitar comentários como o abaixo, onde o cidadão chama pessoas de cabeça de bagre, para que seu carro possa passar com mais folga. Fico feliz que Niterói esteja mudando, se tornando uma cidade para as pessoas e não para os carros. Que os carros fiquem no engarrafamento por 3 horas e as ciclovias cheias com pessoas se locomovendo com segurança. Faça de Niterói uma cidade mais humana e saudável.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top