Assine o fluminense

Conleste lança plano em SG

Evento será realizado no dia 1º de dezembro, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)

O presidente do Conleste, Rodrigo Neves, e o vice Sadinoel Souza (à esquerda) estão unidos por dias melhores no Comperj

Foto: Leonardo Simplício / Prefeitura de Niterói

No dia 1º de dezembro será lançado na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em São Gonçalo, o plano estratégico da Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense (Conleste), que tem o objetivo de potencializar as oportunidades que serão criadas pela retomada do Comperj em 2018 e pela implantação da refinaria e da planta de gás do Comperj, os investimentos do pré-sal, na região. O plano será estruturado em sete meses, em que serão realizadas reuniões nas cidades, encontros com a sociedade civil, líderes empresariais, líderes comunitários e líderes políticos com o objetivo de apontar caminhos, prioridades para o desenvolvimento sustentável da região.

De acordo com Rodrigo Neves, prefeito de Niterói e presidente eleito do Conleste, o ano de 2018, com base na retomada dos investimentos do Comperj, anunciado pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente, promete ser de maior desenvolvimento para toda a região, que compreende 15 municípios.

“Nossa região certamente receberá o maior investimento das regiões do Rio de Janeiro nos próximos 10 anos, um salto que esperávamos. Ou seja, temos a finalidade de que com esses recursos, possamos antecipar possíveis problemas, garantindo um desenvolvimento sustentável. É um trabalho a longo prazo, de gestão”, explica Rodrigo, acrescentando que o plano do Conleste se integrará a duas outras iniciativas que começaram a ser implementadas em maio desse ano, quando foi eleito presidente, com plano de trabalho aprovado pelos 15 prefeitos, que são a escola de governo e o conselho de desenvolvimento.

“Nós já avançamos bastante em termos de mudanças. Realizamos o escola de governo, onde produzimos cursos de formação para dirigentes e gestores dos municípios da região, e o conselho de desenvolvimento, cujo objetivo é promover a participação da sociedade civil e do setor privado junto ao Conleste e aos prefeitos. Lançaremos um site onde a população poderá opinar com propostas e sugestões”, completou.

Esse plano será formulado com apoio de universidades e consultorias do setor privado. Ele também vai identificar as potencialidades e vocações de cada um dos 15 municípios que compõem a região, estabelecendo complementaridade e sinergias entre as diversas cidades.

Consórcio – O Conleste foi criado em janeiro de 2007 e atualmente reúne 15 municípios das regiões Leste, Baixada Litorânea, Baixada Fluminense, dos Lagos e Serrana. São eles: Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, Rio Bonito, Tanguá, Cachoeiras de Macacu, Casimiro de Abreu, Silva Jardim, Araruama, Saquarema, Guapimirim, Magé, Nova Friburgo e Teresópolis. Seu principal objetivo é o de elaborar um Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Unificado para a região.

Mudança – A gestão pública de Niterói dará um grande passo: a prefeitura criará uma reserva de receitas e um fundo de investimento que receberão, juntos, 30% dos recursos provenientes dos royalties e participações especiais do município. O objetivo é reservar 10% dos recursos adicionais para o fundo de estabilização fiscal, reforçando uma visão responsável – tanto para o presente quanto para o futuro. Os outros 20% serão destinados ao fundo de inovação, economia criativa e desenvolvimento local – onde serão utilizados em projetos e ações estratégicas no sentido de produzir riquezas e gerar renda, além de contribuir para a ampliação da arrecadação própria da prefeitura. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top