Assine o fluminense

Cronograma cada vez mais apertado

Apesar do atraso nas demolições, Prefeitura ainda espera entregar obras da Marquês do Paraná até o fim do ano

O prazo para a demolição dos edifícios no caminho terminou no último dia 14

Foto: Douglas Macedo

Apesar do atraso, a Prefeitura de Niterói espera entregar até o fim do ano as obras de alargamento da Avenida Marquês do Paraná, no Centro de Niterói. Segundo o Executivo, o projeto executivo da duplicação está sendo finalizado e as obras devem começar ainda neste semestre. O prazo para a demolição dos edifícios no caminho terminou no último dia 14. Quatro edifícios já foram demolidos, mas ainda resta colocar um prédio abaixo, que ainda está ocupado. A intervenção, iniciada em 2017, tem o objetivo de melhorar o fluxo do entorno, um dos gargalos do trânsito da cidade. 

Os prédios de número 230 (Dr. Celestino) e 286 e parte do 294 (Av. Marquês do Paraná) foram postos abaixo no ano passado. Ainda em novembro teve início a segunda etapa de demolições, que pôs abaixo o restante do número 294 e o 226. A construção de número 298 continua de pé e sem data para ser demolida. O locatário de uma das lojas no local questiona as intervenções no local. 

“O contexto da obra é um absurdo, pois estamos na mesma reta de outros estabelecimentos que não serão demolidos. Ninguém da prefeitura nos procurou, apenas ao proprietário, como se não tivéssemos licença. O proprietário nos informou em novembro que teríamos que sair em duas semanas, agora já disseram que temos que sair o mais rápido possível”, lamentou, informando que precisou demitir os funcionários.

Quatro já foram derrubados, mas ainda resta colocar três prédios abaixo

Foto: Douglas Macedo

O canteiro de obras na esquina entre as ruas Dr Celestino e Marquês do Paraná está sem maquinário desde o mês passado, quando as demolições dos edifícios citados já haviam sido concluídas. Já no prédio de número 298 na Marquês do Paraná, o funcionamento de algumas lojas continua normalmente. 

Questionada sobre o assunto, a Prefeitura de Niterói não respondeu o motivo do atraso nas obras e nem qual a previsão de início e finalização da demolição do prédio que resta de pé. A administração pública municipal limitou-se a responder que o projeto executivo da duplicação da Marquês do Paraná está sendo finalizado e que as obras de duplicação começam ainda neste semestre com previsão de término até o final do ano.

Projeto - O projeto, que visa melhorar o fluxo de veículos e a mobilidade na região, pretende construir mais duas pistas na via, além de uma ciclovia que ligará Icaraí ao Centro, entre a Dr. Celestino e a Miguel de Frias. O objetivo é acabar com um dos principais gargalos do trânsito da cidade. 

O planejamento também inclui a reurbanização do local até a Avenida Amaral Peixoto, com calçadas dentro das normas de acessibilidade e uma nova praça sobre o mergulhão Ângela Fernandes. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

paulo cesar oliveira
Em resumo: não somos donos de coisa nenhuma. A qualquer hora, por conta de uma melhoria, apesar de pagarmos em dia nossos impostos, temos nossos bens "confiscados"
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top