Assine o fluminense

Defesa Civil de Niterói capacita contra queimadas

Neste sábado, os alunos tiveram uma aula prática na Enseada do Bananal, com descida de rapel

Alunos que participaram da última aula do curso contra Queimadas desceram a Enseada do Bananal de rapel

Foto: Divulgação/ Prefeitura de Niterói

Neste sábado (29), foi finalizada mais uma turma de Núcleo de Defesa Civil (Nudec) Queimadas, realizado pela Defesa Civil de Niterói. O curso foi realizado em quatro sábados, e os alunos foram capacitados em noções básicas de defesa civil, ações preventivas, sistema de meio ambiente e geografia de Niterói, os aspectos nocivos das queimadas e a atuação do Corpo de Bombeiros em incêndios.

Na atividade deste sábado, realizada na Enseada do Bananal, localizado no Parque Estadual Serra da Tiririca, os alunos tiveram aulas práticas de localização na mata com auxílio de bússola, manejo de vítima em local de difícil acesso, além de descida em rapel, guiada pela equipe da Defesa Civil. 

O curso é oferecido gratuitamente para diversas comunidades de Niterói e faz parte do Programa Niterói Contra Queimadas. O objetivo do curso é que os voluntários formados estejam capacitados para atuar em apoio a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, denunciando focos de incêndio e soltura de balões – uma questão muito nociva para o munícipio em meses festivos, que também são caracterizados pelo clima seco e ausência de chuvas.

Foram capacitados cerca de 40 alunos neste primeiro módulo do curso e a Defesa Civil deverá abrir vagas para o módulo II do curso em agosto. O segundo módulo é para todos os alunos que já foram capacitados no módulo I e as aulas são sobre plano de contingência de Niterói, como manusear e onde usar extintor e abafador, aulas de meio ambiente, atuação da Polícia Ambiental, primeiros socorros II e aula prática com trilha noturna, com orientação cartográfica e bússola.

Neste trabalho de queimadas, a Defesa Civil também realiza a ronda preventiva uma vez por mês em bairros de Niterói. O grupo de trabalho é formado por agentes e voluntários da Defesa Civil, agentes da Guarda Ambiental e representantes da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, do Parque Estadual da Serra da Tiririca e da CLIN.

Quase todos os incêndios em vegetação têm origem humana, seja por ação criminosa ou acidental. Provocar incêndio em vegetação, assim como soltar balão, é crime, e os responsáveis estão sujeitos à multa.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top