Assine o fluminense

E foi dada a largada oficialmente!

Bloco da Bola Branca abriu o carnaval em Niterói junto do Rei Momo Pablo Jales na Rua da Conceição

O prefeito em exercício de Niterói, Paulo Bagueira, participou da entrega da chave do Rei Momo

Evelen Gouvêa

Pela primeira vez, o Bloco da Bola Branca, composto por integrantes da terceira idade, abriu o carnaval de Niterói. Eram esperados dois mil foliões, mas a chuva deste sábado acabou espantando o público, que chegou a cerca de 400 pessoas na Rua da Conceição para assistir à entrega da chave da cidade das mãos do prefeito em exercício Paulo Bagueira ao Rei Momo Pablo Jales.

Também no Centro, saiu quase na mesma hora o tradicional Bloco do Cantusca, do Clube Canto do Rio. Já em Icaraí, no Campo de São Bento, quem fez a festa da criançada foi a cantora Bia Bedran. 

“A gente já vem fazendo esse trabalho de resgate do carnaval há mais de 10 anos, e também participando do movimento da construção da cultura popular. Anos atrás, o carnaval não existia, e conseguimos fazer esse belo resgate. Do governo do Godofredo Pinto pra cá, o carnaval de rua e dos bairros só tem crescido. Criamos os desfiles das escolas de samba, a Associação das Escolas de Samba de Niterói e não vamos parar”, afirma Bagueira. 

As irmãs Maria Rita e Márcia Lemos curtiram o Cantusca

Evelen Gouvêa

O presidente da Niterói Empresa de Turismo e Lazer (Neltur), Luiz Fernandes Braga, garantiu que o evento está com a organização pronta para receber os foliões.  

“Nós estamos com 35 carnavais de bairro, 85 blocos e trabalhando em conjunto com a NitTrans, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e Polícia Militar. Tenho motivos para acreditar que tudo vai fluir muito bem”, afirmou Fernandes.

Para acompanhar a entrega da chave e a saída do bloco, estavam no local oito agentes da Guarda Municipal e quatro da NitTrans. 

O Bloco da Bola Branca contava com todos os foliões de abadás, e ainda estará neste domingo, às 19h, animando o carnaval do Engenho do Mato, na Região Oceânica. De acordo com seu diretor, Sérgio Werneck, o bloco sempre foi para a terceira idade, mas acaba que os foliões levam netos e filhos, fazendo com que a curtição se transforme em um evento para toda a família.

“Hoje, quase 25% da população de Niterói é de idosos. São, em média, 100 mil pessoas que curtem a programação nos bairros, e estamos adorando o sucesso que estamos fazendo”, afirma Sérgio.

Canto do Rio – Com 47 anos de tradição, o Bloco do Cantusca – no Centro de Niterói, feito pelo Canto do Rio – contava com folia puxada pela banda El Caribe, que interpretava várias marchinhas. A chuva também espantou os foliões. Na hora da saída do bloco, estavam no local cerca de 80 pessoas. As irmãs Maria Rita (12) e Márcia Vanessa Lemos (30) aproveitaram o Cantusca para customizar a própria fantasia, ambas vestidas de sereias azuis. 

Thiago Dias Moura levou seus filhos na Bia Bedran

Evelen Gouvêa

“Adoro essa época do ano em que compramos adereços e desenhamos nossa própria roupa! A gente que faz tudo, todos os cortes e costuras. É uma forma de ficarmos ainda mais próximas”, conta Márcia. 

Icaraí – O Bailinho de Carnaval com Bia Bedran e Banda Cabeça de Vento começou com atraso de mais de uma hora, também por conta da chuva. O palco montado estava localizado na altura do Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, no Campo de São Bento, em Icaraí. Os pais reclamavam que o ideal era que tivessem colocado um toldo na frente do palco para que eles ficassem mais seguros com seus filhos curtindo as músicas.

O fisioterapeuta Thiago Dias Moura não se desanimou com o plantão da esposa, e aprontou o casal de filhos para ir ao show mesmo com chuviscos.

“A gente curte muito se arrumar, colocar fantasia neles. Deixamos que eles escolham o que querem vestir, essa liberdade é importante. E criança precisa de pouco para se divertir”, comentou o pai do Bernardo e da Isadora. 

É bom lembrar que o bailinho se estende para outros bairros da cidade nos demais dias de carnaval. Neste domingo, às 11h, no Parque Palmir Silva, no Barreto; na segunda-feira, às 16h, no Horto Florestal do Fonseca; e na terça-feira, às 19h, no Engenho do Mato.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top