Assine o fluminense

Educação de Niterói faz paralisação de 24h

Unidades estaduais e municipais estão aderindo ao movimento

Segundo o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe), os professores das redes estadual e municipal que atuam em Niterói fazem nesta quarta-feira (24) uma paralisação de 24 horas. O protesto faz parte do Dia Nacional da Educação.

A decisão da paralisação foi tomada em uma assembleia, no  último dia 15, onde houve uma discussão e deliberaram pela adesão da rede municipal de Niterói à continuidade do calendário nacional de mobilizações contra a Reforma da Previdência. 

De acordo com o sindicato, será um dia de greve na rede estadual e em diversas outras redes municipais. Ao todo, 10 redes municipais no Estado do Rio de Janeiro irão fazer a paralisação: Niterói, São Gonçalo, Rio de Janeiro, Volta Redonda, Itaboraí, Tanguá, Belford Roxo, Mesquita, Cabo Frio e Cachoeiras de Macacu.

Em Niterói, membros do Sepe, através do seu núcleo na cidade, estarão às 10h em um ato unificado com o País, em frente à  Fundação Municipal de Educação (FME ), para mostrar ao governo a insatisfação geral da categoria com a educação do município. 

Às 14h, haverá uma aula pública na Praça Arariboia, em frente às barcas.

Finalizando os atos, às 16h, os professores seguirão para uma assembleia unificada na Praça XV, no Rio. Procurados, a Secretaria de Estado de Educação e a Prefeitura de Niterói não responderam até o momento.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top