NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Emoção e saudade no lançamento do livro 'Toca o barco'

Centenas de pessoas entre familiares, amigos, fãs e colegas de trabalho compareceram ao evento

Douglas Macedo

Cercado de memórias de Ricardo Boechat, o evento de lançamento do livro “Toca O Bargo”, que aconteceu no Rio Cricket, em Icaraí, na noite desta terça-feira (11), arrastou centenas de colegas, amigos, familiares e fãs do jornalista, que marcou época no jornalismo brasileiro.

Com um misto de emoções, o evento de lançamento do livro se iniciou com um vídeo emocionante destacando cenas de Ricardo Boechat atuando como jornalista, além de aventuras que ele viveu ao logo dos seus 66 anos de vida. Para finalizar, uma apresentação especial da Orquestra da Grota encheu os olhos dos presentes de lágrimas. Visivelmente emocionada, Dona Mercedes, mãe de Boechat, que esteve presente no evento, comentou sobre a importância do lançamento do livro e como ele revelou detalhes inéditos da vida de seu filho.

“A emoção ainda é grande, lembrei de muita coisa que meu filho havia feito, coisas marcantes que ele comentava. E com esse livro tomei conhecimento de outros detalhes da vida profissional de Ricardo, a maneira com que ele lidava com seus colegas, as brincadeiras que ele fazia, o carinho e também sua dedicação ao trabalho. Depois de sua morte, ficou mais nítido o quanto meu filho era importante para tantas pessoas. Espero que as próximas gerações de jornalistas e jovens consigam seguir os passos dele, os exemplos de dedicação e amor a profissão, sempre expondo a verdade e dizendo aquilo que pensa, não importa para quem seja” disse.

Dona Mercedes, mãe de Boechat, também compareceu ao evento

Douglas Macedo

A obra da Editora Máquina de Livros, com organização e edição de Bruno Thys e Luiz André Alzer, revela histórias e bastidores resgatados por 32 colegas que trabalharam, conviveram, sofreram e se divertiram com o irreverente Boechat.

A publicação reúne textos inéditos de José Simão, Ancelmo Gois, Leilane Neubarth, Fernando Mitre, Datena, Tatiana Vasconcellos, Joaquim Ferreira dos Santos, Milton Neves, Angela de Rego Monteiro, Luiz Megale, Aluizio Maranhão, Rodolfo Schneider, entre outros.

Irmão de Ricardo, Carlos Boechat, orgulhoso com o evento, lembrou de falar da importância da cidade de Niterói, local onde Boechat viveu grande parte de sua infância e adolescência.

“Essa homenagem de Niterói a Ricardo mostra o quanto ele era querido na nossa cidade. Criado aqui, desenvolveu sua juventude toda no bairro de São Francisco, fez grandes amigos. A história dele passa por esse belo município. O lançamento desse livro para nós da família é um orgulho muito grande, pois é uma demonstração de amor e de saudade. É gratificante saber que ele está deixando esse legado que espero que seja muito bem aproveitado pelos jovens jornalistas que venham a se desenvolver na cidade e em todo o Brasil.” comentou.

Também estiveram presentes ao evento o Presidente da Câmara de Niterói, Paulo Bagueira, a Secretária da Fazenda, Giovanna Victer, o jornalista Gilson Monteiro e o deputado Comte Bittencourt.

Scroll To Top