NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Estado do Rio de Janeiro convoca 436 professores

A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) convocou 436 professores que estavam na lista de espera dos concursos de 2011, 2013 e 2014. O decreto foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (12). 

Segundo a publicação, a convocação atende os candidatos aprovados para o cargo de Professor Docente I, com carga horária de 16 e 30 horas. Os convocados deverão comparecer à Superintendência de Perícia Médica e Saúde Ocupacional, na Praça Tiradentes, no Rio, com ofício de encaminhamento, que deve ser retirado na Diretoria Regional atual (Coordenadoria de Gestão de Pessoas. 

Também é preciso levar resultados de exames para o Exame Pericial Admissional na data e horário estabelecidos. Os exames são: hemograma completo; glicose, ureia e creatina; EAS; eletrocardiograma para candidatos com idade igual ou 40 anos, com laudo; esquema vacinal antitetânico atualizado dentro do padrão do Ministério da Saúde; teste ergométrico para docente de Educação Física; videolaringoscopia com laudo (até 90 dias); exame oftalmológico completo (fundo de olho, tonometria e acuidade visual); colpocitologia tríplice para todas as mulheres e, após os 35 anos, mamografia e ultrassom de mama com laudo (até um ano); e vacina para febre amarela. 

As candidatas grávidas deverão apresentar ultrassonografia pélvica para caracterização da idade gestacional e normalidade da gestação. 

O decreto determina que os exames apresentados no dia da perícia devem ter sido realizado nos últimos 60 dias. A carteira de vacinação poderá ser usada como comprovante do esquema vacinal antitetânico atualizado. 

Após esse processo, a publicação estabelece que o candidato deverá retornar à Diretoria Regional atual com o resultado, em até 24 horas, a contar da realização da perícia. 

Espera - Na semana passada, o secretário de Educação, Pedro Fernandes, assinou a autorização de chamada de 453 professores concursados que estavam na lista de espera. Portanto, os outros 17 docentes restantes devem ser convocados em breve, mas a Seeduc ainda não divulgou uma previsão. 

A medida visa atender as unidades que apresentam mais carência na rede estadual de ensino.

Scroll To Top