Assine o fluminense

Força-tarefa dará apoio a escolas do Rio

A Secretaria Municipal de Educação (SME) do Rio de Janeiro iniciou nesta segunda-feira (11) uma força-tarefa para dar apoio pedagógico a 15 escolas do Jacarezinho e localidades próximas e em duas do Bairro Carioca, em Triagem, na Zona Norte da capital fluminense. As unidades ficaram sem aulas em agosto deste ano, durante os 11 dias em que houve confrontos entre policiais e traficantes.

O reforço será feito nas escolas e unidades José Lins do Rego, Pace, Oswaldo Cruz, Vinícius de Moraes, Marechal Carlos Machado Bitencourt, Chanceler Willy Brandt, Delfim Moreira, Pernambuco, Rio de Janeiro, Geoge Sumner; Estado da Guababara, Tia Andreza, Tia Mana, Comunidade Jacarezinho, Padre Nelson, Brício Filho e Geralda de Jesus Aleixo.
De acordo com a secretaria, os alunos terão um atendimento diferenciado para repor o conteúdo perdido nos dias em que não puderam ir às escolas, especialmente de língua portuguesa e matemática, disciplinas em que as crianças e os jovens mais apresentam dificuldades. 

Pelos dados da SME, dos 135 dias letivos, que começaram em 2 de fevereiro, somente em nove não houve necessidade de fechar alguma unidade escolar por causa da violência. “Até agora 418 unidades fecharam pelo menos um dia por conta da violência e 150.275 alunos ficaram sem aulas”, informou a secretaria. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top