Assine o fluminense

Forte chuva atinge cidade de Niterói

Grande volume de água interditou ruas e dificultou a passagem de motoristas e pedestres

Uma intensa chuva complicou a vida de pedestres e motoristas da cidade de Niterói no início da noite desta quarta-feira (7). O grande volume de água alagou diversas ruas do Centro e Zona Sul da cidade complicando o trânsito e dificultando a passagem de pessoas pela região. O congestionamento foi grande nas Rua Roberto Silveira e Feliciano Sodré, duas das principais vias do município. A Rua Marechal Deodoro, também ficou completamente tomada pela água. (Veja o vídeo).

Em escritórios e firmas da cidade, muitos profissionais tiveram dificuldades deixar o ambiente de trabalho. Moradores também relaram queda de energia no bairro do Fonseca, entre a Rua São Januário e a subida da Caixa d'Água. A Rua Miguel de Frias, em Icaraí, também foi outro ponto afetado pela falta de luz segundo residentes locais.

A Enel Distibuição Rio infomou que as chuvas com ventos fortes afetaram o fornecimento de energia elétrica em bairros como Icaraí, São Francisco e Inoã. A empresa esclarece que técnicos estão trabalhando para normalizar o serviço o mais rápido possível.

A Defesa Civil de Niterói alertou em sua página oficial no facebook sobre a previsão de pancadas de chuva devido a passagem de uma frente fria pelo oceano. 

​Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), para esta quinta-feira (8) a previsão é de chuva durante todo o dia em Niterói. Os termômetros vão registrar mímima de 20 e máxima de 21 graus. 

São Gonçalo - Bairros como Neves, Paraíso e Porto Velho, também foram atingidos pela forte chuva. Diversas vias ficaram alagadas e, segundo moradores, uma grande quantidade de lixo ficou espalhada pela região. Regiões do Centro, Trindade, Itaúna, Luiz Caçador, Catarina e Boaçu, também enfrentaram problemas por conta do grande volume de água.

Maricá - O município também foi um dos atingidos pela forte chuva desta quarta-feira (7). Moradores enfrentaram problemas na saída do trabalho e encontraram dificuldades na volta pra casa.

Rio de Janeiro - O município do Rio de Janeiro entrou em estágio de atenção às 21h15 de hoje (7) devido à atuação de áreas de instabilidade, com intensidade moderada a forte, na Bacia da Baía de Guanabara e se deslocaram em direção à cidade do Rio de Janeiro. A chuva forte provocou alagamentos em vários bairros do município e foi precedida de ventos fortes. 

As áreas de instabilidade provocam pancadas de chuva com intensidade de moderada a forte, ocasionalmente muito forte, na zona norte da cidade. De acordo com o Sistema Alerta Rio, a previsão para as próximas horas é de chuva moderada na cidade do Rio de Janeiro, podendo ser forte em pontos isolados.

O estágio de atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas.

Ações preventivas

A prefeitura do Rio faz um alerta à população para que tome algumas ações preventivas, como permanecer em locais seguros e evitar áreas sujeitas a alagamentos ou deslizamentos. Os moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199. 

A prefeitura também pede que não se coloque lixo para recolhimento nos pontos de coleta. A água da chuva pode levar o lixo e entupir bueiros e galerias de águas pluviais.

Frente fria

A meteorologista do Alerta Rio, Cristiane Nascimento, disse que o tempo para os próximos dias será influenciado pela passagem de uma frente fria pelo oceano, que causará instabilidade na região. “Após essa passagem ventos úmidos vindos do oceano vão entrar no continente, com ventos moderados a fortes, que poderão alcançar os 70 km/h", disse.

De acordo com o Alerta de Cheias, do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), o rio que corta o distrito de Xerém, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, está em estágio de atenção. Os demais rios da região permanecem em estágio de vigilância.

A chuva também atingiu à região serrana. Os rios Bengala, Cônego e Córrego Dantas, em Nova Friburgo, estão em estágio de atenção e podem chegar aos rios das cidades de Teresópolis e Petrópolis, que ficam mais abaixo.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top