Assine o fluminense

Informação para evitar incêndio por curto em casa

Secretário municipal de Defesa Civil de Niterói dá o caminho das pedras

De acordo com instituições ligadas à área, os números de acidentes de origem elétrica vêm aumentando no País. Entre 2013 e 2017, esse tipo de ocorrência teve aumento de 33.6%, segundo a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade. O secretário municipal de Defesa Civil de Niterói, tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Walace Medeiros, aponta os principais cuidados a serem tomados em relação à rede elétrica e procedimentos de segurança para evitar acidentes.

Nessa semana, a Defesa Civil de Niterói foi acionada para vistoriar um imóvel após uma ocorrência de incêndio possivelmente causado por aparelho celular carregando de forma incorreta. Qual a recomendação para evitar esse tipo de acidente?

Nunca, em hipótese alguma, fazer ligação enquanto o aparelho está carregando. O melhor local para carregar o celular é em cima de uma mesa de madeira, sem tecido, ou no chão. O essencial é que o telefone fique sempre afastado de você e longe de materiais inflamáveis.

Qual a outra recomendação para evitar ocorrências de incêndio relacionadas à rede elétrica?

Todo material elétrico tem potencial para propagar chamas em função de um curto circuito, que gera calor necessário para início do incêndio. Por conta disso, a principal recomendação é nunca deixar materiais elétricos em contato com materiais inflamáveis. Por exemplo: não se deve colocar aquele pano em cima do forno microondas enquanto o aparelho estiver ligado.

Quais são os outros motivos recorrentes causadores de incêndios por curto-circuito?

Nós temos também um histórico de incêndios gerados por ar-condicionados, porque, via de regra, perto do ar condicionado ficam as cortinas. Quando o ar-condicionado entra em curto circuito, estando separado da cortina, ele pode entrar em chamas, mas o cidadão consegue desligar a rede elétrica e o problema se resume ao aparelho. Para evitar que o fogo se propague, é importante afastar a cortina do ar-condicionado o máximo possível. Muitas pessoas colocam a cama encostada na tomada, que, sendo usada ou não, gera uma área de risco para um possível incêndio. O ideal é que a cama seja afastada da tomada.

Caso o cidadão se depare com uma situação de princípio de incêndio após curto-circuito, como proceder?

O primeiro passo é sair do local, se afastar da fumaça, que é tóxica, desligar o disjuntor da casa e ligar para o Corpo de Bombeiros. Só depois, se houver condição de não respirar fumaça, afastar os materiais inflamáveis. Tirar de perto cama, móveis. Depois que a rede elétrica for desligada, é muito importante ligar para o 193.

É muito comum o uso dos famosos “benjamins” para ligar vários aparelhos na rede elétrica. São seguros?

Tomadas residenciais não são feitas para serem usadas por mais de um equipamento ao mesmo tempo e não são dimensionadas para colocar o “benjamim”, onde se ligam três, quatro aparelhos. Esse tipo de adaptador sobrecarrega a rede e gera um potencial curto circuito na instalação.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top