NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Vivendo mais e melhor

Segundo o IBGE, a expectativa de vida do brasileiro chegou a 76 anos em 2017. Esses números crescem desde 1940, quando o índice era de 45,5 anos. Com as inovações cada vez mais rápidas da ciência, da medicina, dos medicamentos e da nutrição, junto ao aumento da conscientização da população acerca dos cuidados com a saúde, a tendência é que expectativa de vida siga crescendo.

Um levantamento feito pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon/FGV apontou Niterói como a quarta melhor cidade para se envelhecer e a segunda melhor cidade para se envelhecer com saúde – pelos altos números de leitos e de médicos por habitantes. Isso faz de nós, niteroienses, privilegiados em nossa velhice. Se vamos viver mais, devemos ter planos que levem isso em consideração.

Com o envelhecimento da população, segue um nicho de mercado que também deve ser observado. Como sempre pensamos nas necessidades do cliente, devemos ter um comércio preparado para o aumento do número de consumidores da terceira idade, e investir em um bom atendimento, mercadorias e estrutura física de nossas lojas que possam atender a essa demanda, pois os idosos são consumidores em potencial.

Contudo, também precisamos ter em mente nossa qualidade de vida. Pensando nisso, receberemos em nossa sede, no dia 10 de abril, o pioneiro do mercado de seguros e previdência Nilton Molina, presidente do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon/FGV e da Mongeral Aegon, para uma palestra gratuita sobre longevidade, com foco no bem-estar do empresário. Unidos somos mais fortes.


Scroll To Top