Assine o fluminense
Luiz Vieira

O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Niterói, Luiz Vieira, fala sobre o movimento do comércio na cidade e como as mudanças na economia impactam no desenvolvimento do setor

Mais feriados, menos produtividade

Fomos surpreendidos esta semana com mais uma aprovação incompreensível na ALERJ. O que deveria beneficiar o comércio, acabou se voltando contra ele. Agora, o Dia das Mães é feriado estadual, o que implica no aumento do custo dos comerciantes que precisam funcionar na data. Logo, a produção é impactada por mais um feriado, com isso, os empresários terão que arcar com os custos sindicais para funcionar.

Anteriormente, conseguimos pleitear junto ao então governador Francisco Dornelles a suspensão do feriado, a fim de melhorar a produtividade e lucratividade do setor. Fomos atendidos. Porém, ao retornar para a ALERJ, o projeto de lei foi aprovado, ignorando os apelos feitos pelos empresários. O excesso de feriados prejudica o comércio, por isso lutamos para transformá-los em datas comemorativas, como a nossa proposta para o fim do feriado no dia do aniversário de Niterói.

Ainda estamos nos recuperando da crise e precisamos de datas como o Dia das Mães para alavancar o crescimento e gerar mais empregos e renda para a nossa região. Além disso, o Dia das Mães já cai em uma data na qual boa parte da população está de folga. Não faz sentido penalizar o empresário que precisa manter-se aberto para aproveitar a oportunidade da ocasião. 

Seguiremos na luta no objetivo de derrubar mais esta medida, cuja aprovação não levou em conta o impacto financeiro nas empresas, principalmente, no ramo gastronômico,  supermercados, farmácias, etc. Chega a classe empresarial não aguenta mais medidas como esta que acabam gerando mais desemprego. O que nós queremos é poder proporcionar à nossa cidade e ao nosso Estado a recuperação do desenvolvimento econômico e social, beneficiando toda a população. Unidos somos mais fortes.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top