Assine o fluminense

Mais uma opção para os niteroienses

Supermercado Mundial abre as portas em Santa Rosa, da sua 20ª filial. Com 5.000 m², loja atraiu milhares de clientes

Clientes de Niterói e região não perderam tempo e foram conferir as promoções e novidades do supermercado que foi inaugurado ontem em Santa Rosa

Douglas Macedo

O Supermercado Mundial chegou em Niterói inaugurando sua 20ª filial da rede na manhã de ontem, em Santa Rosa, na Zona Sul. Primeira loja fora da cidade do Rio, esta é a maior da rede em tamanho, com 5.000 m² de área de vendas e cerca de mil funcionários. Centenas de clientes foram conferir as ofertas no primeiro dia de funcionamento do empreendimento. O grupo já pensa em abrir mais filiais no município.

Sócio da rede desde a década de 1950, o sócio-diretor Antonio de Assunção Leite acompanhou de perto todo o processo de implementação do supermercado em Niterói, desde adquirir o terreno em Santa Rosa, construir e inaugurar a filial. O desejo de expandir para a cidade era antigo e já está em estudo ampliar a rede na cidade.

“No ano passado, inauguramos uma loja na Barra e logo depois vim para cá. Temos certeza que será um sucesso e já está em nossa mente ter uma outra loja em Niterói. Quando mais novo, ia a Piratininga [na Região Oceânica], com a família. Voltei há duas semanas e vi o quanto mudou, evoluiu. É uma cidade em desenvolvimento. A loja dará mais valor ao bairro, que merece este investimento”, afirmou.

Justino Oliveira Gomes de Castro, presidente da empresa e diretor financeiro da rede, ressaltou que a preocupação do grupo era encontrar um bom espaço na cidade que comportasse a magnitude do empreendimento. São dois andares de estacionamento com 447 vagas, 50 checkouts (caixas) e um espaço para eventos de relacionamento com clientes: o Espaço Gourmet. No total, são mil empregos diretos, fora terceirizados, com foco em oportunidades para moradores da cidade e região.

“A negociação para chegarmos em Niterói durou cerca de 3 anos. Estamos com expectativa muito alta e acreditamos que esta será a melhor loja da empresa. A cidade tem um bom mercado para desenvolver pelo poder aquisitivo e qualidade de vida, fora a recepção por parte da Prefeitura, que fez a diferença”, completou o diretor Ricardo Leite.

Vizinha do empreendimento, a do lar Maria Nelia Marins, de 69 anos, acompanhou de sua janela toda a construção do supermercado e não perdeu a abertura da nova loja. Ela ressalta que o ponto escolhido para a filial - esquina da Rua Doutor Mario Vianna com Avenida Padre Francisco Lanna - estava abandonado e perigoso.

“Preços estão valendo a pena, ainda mais que moro pertinho. O terreno era um lugar abandonado, esconderijo de bandido, foi muito bom ocupar esse lugar. Já virei freguesa”, disse. 

A marca inaugurou sua 20ª filial, já tem 75 anos de atuação e mais de 9.000 colaboradores diretos. De acordo com a direção do empreendimento, o modelo de negócios adotado pela empresa - forma de pagamento apenas dinheiro, cartões de débito e de alimentação - possibilita que o supermercado faça melhores negociações junto aos fornecedores e garanta o menor preço ao consumidor.

 
Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top