Assine o fluminense

Manifestação em frente ao PSSG

Familiares e amigos do motorista de aplicativo baleado na madrugada de segunda (22) no Camarão, em São Gonçalo, realizaram ontem manifestação em frente ao Pronto Socorro de São Gonçalo (PSSG) alegando inocência. Acusado de tentar assaltar um PM, o motorista encontra-se internado sob custódia. Ele passou por cirurgia, pois a bala perfurou o estômago e o intestino. Seu estado de saúde é estável. 

O delegado titular da 73ª DP (Neves), Renato Perez, informou que foi registrado  flagrante de roubo tentado. 

“Foi feito o registro de ocorrência dessa maneira porque é como o fato chega à delegacia. As imagens [de câmeras], eu vou recolher e encaminhar para a justiça, porque o fato já está lá. Só haverá investigação mais aprofundada se o judiciário determinar”, declarou, acrescentando que o baleado já teve passagem por roubo.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top