Assine o fluminense

Profissão de fé na retomada das obras

Mais de 100 fiéis celebraram uma missa no canteiro de obras da Nova Catedral São João Batista, no Caminho Niemeyer

Arcebispo Dom José Francisco celebrou a missa para os fiéis na manhã desta segunda-feira

Foto: Evelen Gouvêa

Mais de cem pessoas estiveram na manhã desta segunda-feira (19), na missa em comemoração à retomada das obras da Nova Catedral São João Batista de Niterói e o início das fundações do espaço, que fará parte do Caminho Niemeyer, no Centro. Além de fiéis, foram convidados para o evento colaboradores da obra, como engenheiros, arquitetos e operários. A celebração foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Niterói, Dom José Francisco.

Todos os trabalhadores da obra que estiveram na Capela São João Paulo II, onde ocorreu a solenidade, foram homenageados pelo arcebispo, que pediu a oração dos fiéis para proteção e força dos que estão empenhados para tirar a catedral do papel.

“Pedimos a Deus a proteção de todos que estão trabalhando na construção das fundações. Que esse novo espaço seja um lugar de paz, comunhão e fraternidade, afinal, é uma obra de fé”, declarou.

Ao fim da missa, todos os trabalhadores foram convocados para a frente do altar. Em seguida, todos foram convidados a conhecer o canteiro de obras, e seguiram em formato de “procissão” até o local.

“Depois de todo trabalho de terraplanagem, entramos na quarta fase desta construção, que são as fundações. Como o próprio nome diz, é a base. Mesmo que escondidas, elas são muito importantes, como a raiz das árvores debaixo da terra. São elas que depois vão sustentar todos os pilares da nova catedral”, disse Dom José. 

O engenheiro responsável pela obra, Aloísio Lannes, explicou que um terço da primeira fase da obra já foi atingida, e, até o momento, não houve nenhuma surpresa desagradável no terreno.

“Nossos estudos de sondagem estão atendendo à expectativa desta etapa. Atualmente, já cravamos a 12ª estaca de suporte para a cúpula, e até o final deste mês já teremos atingido pelo menos 30% do nosso programado”, destacou.

De acordo com a Arquidiocese de Niterói, a fase inicial do projeto contempla a obtenção de licenças e autorizações para execução da obra, elaboração dos projetos técnicos, execução das sondagens e terraplanagem, possibilitando a implantação da obra. Para iniciar a execução das fundações da obra, será feito um gabarito para locação dos eixos e elementos estruturais com o auxílio de uma equipe de topografia para o correto posicionamento. 

Ainda segundo o órgão, os três pilares principais do projeto têm 65 metros de altura e sustentarão uma cúpula de 60 metros de diâmetro, tendo ainda uma cruz em aço com 10 metros no topo da igreja. No total, cada pilar sustentará uma carga de aproximadamente 8.500 toneladas descarregadas em 10 estacas escavadas com diâmetro de 1,50m e 50 metros de profundidade por pilar.

Projetada pelo próprio Oscar Niemeyer, a Nova Catedral de Niterói deve ficar pronta no início do ano de 2020. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top