Você faz a notícia

Motocicletas fazem a festa pelas calçadas do Centro

Prefeito veta projeto de lei e motos atrapalham a dinâmica urbana de Niterói

Na Rua Quinze de Novembro, dezenas de motos param irregularmente todos os dias, atrapalhando o fluxo de pedestres

Foto: Giovanni Mourão / Colaboração

O estacionamento irregular está se tornando um problema rotineiro nas ruas do Centro de Niterói. Nesta terça-feira (10), o prefeito Rodrigo Neves vetou um projeto de lei, de autoria do legislativo, que determinava a destinação de locais reservados para o estacionamento de motos em qualquer área pública do município, alegando que tal determinação é de competência do executivo e que a medida criaria mais despesas públicas. Ainda assim, andando pelas ruas da região central da cidade, não é difícil encontrar motocicletas estacionadas de forma irregular.

Na tarde desta terça, diversas motos foram flagradas estacionadas de maneira irregular na calçada da Rua Quinze de Novembro, próximo ao Plaza Shopping. Morador do bairro, Cláudio Francisco, afirmou que é comum ver carros, e principalmente motos, parados de forma inapropriada na via.

“Às vezes até tem guarda circulando aqui na porta do shopping, mas nunca vi multarem ninguém. Todo dia esse amontoado de motos fica parado aqui do lado da banca, não sei se eles acham que pode parar aqui ou se é a certeza da impunidade mesmo”, disse o contador.

Quem passou pela Rua Almirante Teffe, na altura da sede da Receita Federal, também encontrou o mesmo problema. O estacionamento improvisado também incomodou quem passava pelo local.

“Isso não é de hoje, essas motos sempre ficam paradas aqui e ninguém faz nada. Você vê gente andando espremida na calçada, e às vezes até entre os carros, por causa das motos que ficam paradas aqui. A fiscalização deveria coibir, mas a gente não vê isso acontecendo”, reclamou a dona de casa Cecília Mattos, de 62 anos.

Procurada, a Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans) reconheceu que há irregularidades, mas afirmou que possui equipes de fiscalização diariamente nas ruas para combatê-las. O órgão ressaltou que as denúncias encaminhadas pela reportagem serão encaminhadas à fiscalização para que providências sejam tomadas.

A infração para quem estaciona de maneira irregular é considerada média. Além de pagar multa de R$ 130,16, o motorista perde quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e pode ter o veículo levado para o depósito. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Luiz Maurício
Motos fazem festa nas calçadas, nas faixas de pedestres, na contra-mão, com as placas cobertas, entre os carros, enfim, motos podem tudo. Não são fiscalizadas, não são abordadas. Reconheço a diferença entre motociclistas e motoqueiros, porém esses últimos são cada vez mais a maioria e estão se lixando para as Leis e com o respeito aos outros.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Falo mesmo
Zona total !
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Scroll To Top