Assine o fluminense

Niterói dá boas-vindas a 2019

Mais de 500 mil pessoas foram até a praia de Icaraí acompanhar a queima de fogos e os shows

Cerca de 500 mil pessoas foram até a praia de Icaraí acompanhar a queima de fogos e os shows

Foto: Douglas Macedo

Mais de 500 mil pessoas acompanharam a tradicional festa da virada na Praia de Icaraí, na Zona Sul de Niterói, principal evento de réveillon do município.

O público presente acompanhou os 15 minutos de queima de fogos de artifício proporcionados por seis balsas com 7,5 toneladas de artefatos distribuídas pela orla, localizadas a 500 metros da areia.

O evento começou por volta das 19h20 com o pop rock da banda niteroiense Bloody Mary. Em seguida, foi a vez da banda DKV agitar o público com um repertório cheio de sucessos nacionais e internacionais.

Às 22:30, subiu ao palco a banda Melim, uma das atrações mais esperadas pelo público. Os três irmãos emocionaram a platéia com suas canções de amor.

E, para fechar o evento, o cantor Lulu Santos botou a galera para dançar com seus grandes sucessos e algumas canções novas.  Cinco telões foram espalhados pela praia, sendo dois deles nas laterais do palco, para facilitar a visão do público para os shows.

Em parceria com a Prefeitura de Niterói, os shows foram transmitidos ao vivo pelo site e pelo Facebook do jornal O Fluminense.

Uma das pessoas que fez questão de participar da festa e assistir à queima de fogos das areias de Icaraí foi o advogado Paulo Moisés, 55 anos, morador de Maricá, e que passou pela primeira vez o ano novo na praia de Icaraí. 

"Foi uma experiência bem interessante, não imaginava a dimensão disso tudo. A queima de fogos foi emocionante! Com certeza passarei a virada aqui novamente”, disse.

Outra atração da noite foi de responsabilidade do público. Quem estava curtindo pela orla pôde interagir colocando em suas fotos a hashtag #Niteroi2019 para aparecer em uma das telas espalhadas pela praia.

Festa

A estrutura organizada para a festa da virada contemplou três postos médicos de grande porte do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) - dois nas extremidades da praia e um no meio - com nove ambulâncias de Unidade de terapia intensiva e 10 ambulâncias básicas posicionadas para emergências, assim como homens do Corpo de Bombeiros, que reforçaram o atendimento à população.
 

Vista privilegiada

Wilton Lessa, comerciante, de 53 anos, morador de Icarai, que aproveitou sua vista privilegiada para a maior festa de réveillon da cidade, contou que cada ano é uma emoção diferente.

"É uma satisfaçao reunir os amigos todos os anos aqui em casa. Só em vê-los satisfeitos, aproveitando a vista do meu apartamento, me deixa com sensação de realização. Passo o réveillon em Icarai há mais de 10 anos e a cada ano é uma emoção diferente. Nós, como moradores, ainda percebemos uma mudança na estrutura a cada ano. Não só o policiamento, mas também a organização da festa tem mostrado uma grande evolução a cada virada", finalizou.

O público presente acompanhou a queima de fogos de artifício proporcionado por seis balsas

Foto: Douglas Macedo

Segurança

O policiamento foi distribuído de forma estratégica pela praia, no calçadão e na areia. Segundo o comandante do 12º BPM (Niterói), tenente-coronel Márcio Guimarães, doze torres de observação foram espalhadas pela Praia de Icaraí e toda a orla foi monitorada por câmeras do Cisp e da ONG Viver Bem.

Durante toda a noite, cerca de 615 policiais estavam em patrulhamento. A equipe foi distribuída por Icaraí, Região Oceânica, Centro e nos outros bairros. 

Já a Guarda Municipal atuou com cerca de 450 homens divididos pela cidade, mas em maior número por Icaraí. De acordo com o secretário municipal de Ordem Pública, Gilson Chagas, o foco foi no patrulhamento da areia, na intenção de garantir a organização e evitar que pessoas montassem barracas indevidamente ou transitassem com garrafas e copos de vidro.

Segundo a Polícia Militar não houve registro de ocorrências e o Corpo de Bombeiros relatou que nenhum atendimento de emergência foi necessário.

Até 1h51 do dia 1, segundo os Bombeiros e o Samu, não houve nenhuma ocorrência grave, apenas pequenos atendimentos.

Houve fiscalização sobre a venda de bebidas em garrafas de vidro e o porte de fogos de artifícios. 

O tempo em Icaraí esteve firme durante a virada e o público presente conseguiu curtir sem maiores problemas o grande evento.

O tempo em Icaraí esteve firme durante a virada e o público presente conseguiu curtir sem maiores problemas a maior festa da virada da cidade

Foto: Douglas Macedo
Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top