Assine o fluminense

Niterói se previne contra febre amarela

Procura pela vacina aumentou nos últimos dias e prefeitura garantiu que todas as policlínicas estão abastecidas

Niterói está se preparando contra a febre amarela. Mesmo após orientação do Ministério da Saúde de intensificar a vacinação na cidade na segunda quinzena do mês de fevereiro, o município já está vacinando de segunda a sexta-feira, de 8 às 16h, para pessoas na faixa etária de 9 meses a 59 anos em todas as policlínicas. 

Niterói foi um dos municípios selecionados para participar da campanha por conta da situação geográfica, já que faz parte da Região Metropolitana, e pelo número de habitantes no município. 

A vacinação contra a febre amarela faz parte do calendário de imunizações de Niterói e, desde o mês de março de 2017, quando os primeiros casos da doença surgiram no Estado do Rio de Janeiro, a Prefeitura aumentou a oferta da vacina através da abertura de novas salas de imunização, solicitando novas remessas de vacina ao Governo do Estado e destacando duas equipes volantes para vacinar a população que reside em áreas próximas a matas e fronteiras com outros municípios, como Várzea das Moças, Muriqui, Matapaca e Região Oceânica. 

A prefeitura informou que nos últimos dias houve aumento na procura pela imunização. Mesmo assim, não há suspeita de febre amarela em Niterói, segundo o Executivo. Apenas em 2017, o município aplicou mais de 190 mil doses da vacina contra febre amarela, totalizando 257.926 pessoas nos últimos 10 anos. 

Maricá – A Secretaria de Saúde Maricá informou que o município está com 98% da população protegida contra Febre Amarela e por isso a cidade não integrará a campanha estadual de vacinação com as doses fracionadas. 

A prefeitura informou ainda que possui estoque de vacinas pleno em todos os postos de saúde para atender aqueles que ainda não se vacinaram contra a doença. 

Em abril de 2017, quando foi confirmado caso da doença na cidade, a prefeitura fez um grande bloqueio no distrito de Ponta Negra, com a busca ativa de moradores (equipes foram de casa em casa aplicar as doses na população), e aplicou doses integrais que imunizam por 10 anos. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top